SEJA VOCÊ TAMBÉM UM ASSOCIADO DO CLUBE DO CHORO DE BH. MAIORES INFORMAÇÕES LIGUE (31)3422-4433.

29 de novembro de 2021

Elogiado instrumental ganha formato de canção na voz do compositor Luiz Enrique e letras de Jorge Fernando dos Santos. O álbum "Da semente à canção" será lançado nesta quarta.

Luiz Enrique e Jorge Fernando do Santos - Foto:Divulgação

Duas décadas depois do lançamento do CD Feijão de Corda, as dez faixas do elogiado instrumental ganham formato de canção na voz do compositor Luiz Enrique e convidados, com letras de Jorge Fernando dos Santos. Viabilizado pela lei Aldir Blanc, o álbum "Da semente à canção" será lançado nesta quarta-feira (01/12), às 20 horas, num bate-papo musical com os dois autores.

O álbum tem a participação de vários músicos, entre eles o baterista Hudson Vaz e o baixista Zazu, ambos integrantes do grupo Feijão de Corda. Entre os cantores, além de Luiz Enrique (que assina arranjos e produção musical), destacam-se Ladston do Nascimento, Carla Gomes, Carla Villar, Francisco Sansão, Lúcia Júlia e Marcos Buzana. O novo trabalho já está disponível em disco e em várias plataformas.

Luiz Enrique é de Belo Horizonte e executou seus primeiros acordes por volta dos 15 anos. Não demorou para que a música se tornasse a maior descoberta de sua vida. Iniciou estudos de violão, guitarra, harmonia e improvisação com o professor Marcelo Morais e depois com Guilherme Monteiro – que mora em Nova York, onde trabalhou com Bebel Gilberto. Também foi aluno de Júlio Marques, estudou harmonia e História da Música com André Dequech e cursou o primeiro ano de violão erudito na UEMG, fazendo Licenciatura em Música.

No final da década de 1990, Luiz Enrique fundou o Feijão de Corda, que também contou com o guitarrista Magno Alexandre. Com a saída desse, o grupo manteve-se como trio, recebendo elogios de músicos como Adriano Giffoni, Hermeto Paschoal, Nenê Batera e Nivaldo Ornelas. Em 1999, com a participação de Claudio Dauelsberg, lançou o CD homônimo. Em 2004, participou do show de Hermeto no TIM Valadares Jazz Festival, a convite do famoso “bruxo”.

Carreira solo

Luiz Enrique se apresentou no projeto Instrumental Sesc Brasil, em São Paulo, transmitido pela Rede STV, e no programa Noturno, de Túlio Mourão, pela Rede Minas. Em 2004, venceu o Prêmio BDMG Instrumental. Em 2009, lançou o álbum Entre nós... Novos horizontes!. Trabalhou em vários CDs como arranjador e produtor, entre eles o infantil Poemas Musicais, de Cecília Cavalieri, indicado ao Prêmio TIM de 2004. Também fez trilhas para teatro e cinema. Com a esposa, Lúcia Júlia, dedica-se ao grupo Abrigo na Arte, voltado para a educação artística infantil.

O letrista Jorge Fernando dos Santos é jornalista e escritor, com mais de 40 livros publicados. Entre eles Palmeira Seca (Prêmio Guimarães Rosa, adaptado para teatro e minissérie de TV), Vandré – O homem que disse não (Finalista do Prêmio APCA em 2015), A Turma da Savassi e Condomínio Solidão. Tem mais de 100 músicas gravadas por vários parceiros e intérpretes. O lançamento contará com as participações de Ladston do Nascimento, Carla Villar, Júlia Alves, Francisco Sansão, Lúcia Júlia, Bárbara Vilaça e grupo Feijão de Corda.

SERVIÇO
Lançamento álbum "Da semente à canção" - Luiz Enrique e Jorge Fernando dos Santos
Data: 1/12 - quarta-feira
Horário: 20 horas
Local:  158 Trattoria e Pizzeria (Rua Professor Morais, 158, Savassi). 
Couvert artístico: R$10 + R$10 com direito ao CD.

Regional da Serra abre a semana com clássicos do choro e samba da velha guarda.

Nesta segunda-feira (29/11), o Regional da Serra vem com sua formação original e completa para abrir a semana com uma super roda no Restaurante e Espeteria América. 

Pedro Alvarez na flauta, Pablo Dias no cavaquinho, Daniel Nogueira no pandeiro e Daniel Toledo do violão garantem um belíssimo repertório de clássicos do Choro e Samba da velha guarda, incluindo também temas autorais.

A apresentação tem início às 19 horas. Programe-se e não perca.

SERVIÇO
Roda de Choro e Samba com Regional da Serra
Data: 29 de novembro - segunda-feira
Horário: 19 horas
Local: Restaurante e Espeteria América - Av. do Contorno, 3301 - Santa Efigênia.

27 de novembro de 2021

Choro Instrumental com Duo Murmurando é atração neste domingo.

O Duo Murmurando, formado pelo violonista Humberto Junqueira e a flautista Raissa Anastásia, é a atração deste domingo (28) no Quina BH, restaurante e coquetelaria localizado no bairro de Lourdes.

Os instrumentistas apresentam, um repertório de Choro instrumental com todo requinte musical e o restaurante oferece um menu especial assinado pelo Chef Uamiri Menezes, numa harmonização perfeita para seu almoço de domingo. Programe-se para o melhor.

SERVIÇO
Duo Murmurando - Choro Instrumental
Data: 28/11 (Domingo)
Horário: 13 horas
Local: Quina Restaurante e Coquetelaria - Av. Prudente de Moraes, nº15 (esquina com Av. do Contorno)
Informações: (31) 97598-4085

Humberto Junqueira e Raissa Anastásia formam o Duo Murmurando - Foto: Divulgação

26 de novembro de 2021

Sextou e o Regional da Serra vem com tudo para o Choro e Samba.

O melhor do Samba e Choro com o Regional da Serra não poderia faltar nas opções musicais desta sexta. Então se prepara pois logo mais, a partir das 19 horas, a roda vai soar no Buteco D’Avenidinha. 

Osmar Junior e Osmar do Trombone - Convidados desta noite
Hoje o grupo se apresenta com uma escalação de primeira grandeza: Daniel Toledo (violão 7 cordas), Pedro Alvarez (flauta), Marcos Soares (cavaquinho), Ronaldo Pereira (pandeiro) recebem como convidados e formando  um super naipe de metais: Petrus no Trompete e os músicos maranhenses Osmar Furtado no Trombone  e Osmar Júnior no Saxofone.
Você não pode perder. O grupo vem com tudo e espera por todos.

SERVIÇO
Projeto Samba e Choro D'Avenidinha: Regional da Serra e Convidados.
Data: 26 de novembro (sexta)
Horário: 19 às 22 horas 
Local: Buteco D'Avenidinha - Av. Alphonsus Guimarães,349 - Santa Efigênia -BH
Couvert: R$10,00
Informações e reservas (31) 3140-0783

Chorinho e Samba de Raiz com Grupo Sonoroso: um programa legal para este sábado.


Procurando um programa musical bem legal para a tarde de sábado? O grupo Sonoroso formado pelos músicos Alexandre Bacalhau no violão 7 cordas, Leandro Silva no bandolim, Robson no cavaquinho e Rafael no pandeiro promove mais uma imperdível roda com muito Chorinho e Samba de Raiz.

A apresentação acontece a partir das 16 horas, no 80 Bar, trazendo um repertório repleto de composições de grandes mestres da música brasileira. Programe-se, chame os amigos e aproveite para curtir, desde já , um pouquinho do Sonoroso assistindo o vídeo abaixo.

SERVIÇO                                                    Show ao vivo com Grupo Sonoroso
Data: 27/11/2021 - Sábado
Horário: 16 horas
Local: 80 Bar - Rua Paraíba, 1334 - Savassi
Informações: (31) 99791-8080

Roda do Padreco especial comemora o aniversário da pandeirista Mari Carvalho.

Atriz, palhaça, produtora, professora, pandeirista, entre outras atribuições artísticas e espirituais... Essa é a multipotencial Mari Carvalho, que comemora o aniversário nesta sexta (26/11), em uma edição especial da Roda do Padreco.

A roda aberta, promovida pelo coletivo fundado por talentosos acadêmicos da UEMG, e agora composto por muitos outros instrumentistas acontece logo mais, a partir das 19 horas no reduto do Choro mais querido no Padre Eustáquio: o Butiquim Vila Rica. 

Então programe-se, pois a noite promete muita alegria e o melhor do Chorinho. Mas lembre-se: respeite os protocolos contra a COVID-19 que inclui máscara, álcool, distanciamento e vacina no braço.


SERVIÇO
Roda do Padreco - Roda de Choro aberta
Data: 26/11/2021 (sexta)
Horário: 19 horas
Local: Butiquim Vila Rica (Antigo Bar do Bolão) - Rua Vila Rica, 637 – Padre Eustáquio – BH
Couvert: contribuição espontânea - valor sugerido R$10,00

Celebrando 40 anos de carreira, Paulinho Pedra Azul se apresenta em concerto com a Orquestra OPUS.

O espetáculo acontece nesse sábado com plateia presencial e transmissão on-line.


A Orquestra OPUS faz seu primeiro espetáculo com público desde o início da pandemia. Para este espetáculo tão especial, que acontece no próximo sábado (27/11), a Orquestra recebe o cantor e compositor mineiro Paulinho Pedra Azul, que também comemora 40 anos de carreira.

Além de cantor e compositor, com vários álbuns lançados e centenas de parceiros musicais mundo afora, Paulinho Pedra Azul também é poeta, escritor, artista plástico, dono de inúmeros prêmios e uma alegria contagiante, dentre outras muitas qualidades a serem celebradas. E o convite é para que estejamos juntos a Paulinho na comemoração dos seus 40 anos de carreira e muito sucesso.

O espetáculo que acontece sob a regência de Leonardo Cunha, faz parte série de concertos Tracbel e será realizado a partir das 20h30, de forma híbrida. Os ingressos para assistir presencialmente no Centro Cultural Unimed-BH Minas, estão disponíveis pelo Eventin (aqui), já o acesso virtual  acontecerá ao vivo via Youtube, através do link abaixo. Não perca.

25 de novembro de 2021

O cantor, compositor e violonista Artur Pádua se apresenta hoje como convidado do "Na Boca do Choro".

Artur Pádua - Foto: Divulgação
Nesta quinta (18/11) o grupo Na Boca do Choro recebe como convidado o grande cantor, compositor e violonista, Artur Pádua para mais uma imperdível apresentação no MinC Bar. Artur se une à escalação desta semana que inclui as presenças de Anderson Silva no sax, Marcos Oliveira no Cavaco e Rubens Costa no pandeiro. A roda começa a partir da 20 horas e promete o melhor da música brasileira.

Artur Padua é cantor, compositor e violonista. Aos 29 anos, destaca-se no cenário musical brasileiro, tendo se apresentado ao lado de grandes nomes da música popular brasileira como Roberto Silva, Cristóvão Bastos, Conjunto Época de Ouro, Eduardo Neves, Hamilton de Holanda, Zé da Velha, Silvério Pontes, Monarco, entre vários outros.

Artur Pádua - Foto: Divulgação
Seu primeiro álbum, Campo Aberto, foi lançado em 2017, pela Acari Records. Com um repertório de regravações e músicas inéditas, o disco teve participações de Amélia Rabello, Luciana Rabello, Mauricio Carrilho, Dininho Silva, João Camarero, entre outros. O trabalho foi muito bem recebido pela crítica tendo uma excelente repercussão nos mais diversos veículos especializados do país. Sobre esse álbum, Paulo César Pinheiro deixou sua consideração: "dos últimos discos dos últimos anos, o de Artur Padua é o único que escuto de ponta a ponta, sem pular nenhuma faixa. Só faço isso quando gosto muito." 

Em 2021 Artur lançou seu segundo álbum: Sereno, com repertório inédito, o trabalho lançado pelo selo Sonastério é a estreia de Artur como compositor e letrista.

Ouça agora uma prévia  do lindo trabalho de Artur Pádua que você poderá curtir ao vivo, no Minc Bar. "Jogar para perder" é uma das composição registradas em seu segundo álbum.

SERVIÇO
Roda de Choro - Na Boca do Choro convida Artur Pádua
Data: 25/11 - quinta feira
Horário: a partir das 20 horas
Local: MinC-Bar
Endereço: Rua Castelo Novo, nº10
Bairro Santa Efigênia - BH
Informações: (31) 99221-9704

Acontece hoje mais um encontro regional do Projeto Choro Patrimônio. Importantes instrumentistas associados ao Clube do Choro de BH estarão presentes.


Está em curso mais uma etapa do processo de registro do Choro como Patrimônio Cultural. Nesta fase, os encontros estão voltados para ouvir representantes das cinco regiões do país, a partir das atividades já realizadas. Nesta quinta-feira (25/11), a Região Sudeste - RJ/MG será contemplada e entre os representantes teremos três importantes músicos associados ao Clube do Choro de Belo Horizonte: Carlos Walter, Marcos Flávio Aguiar e Silvio Carlos.

Em cada um dos encontros, diferentes aspectos sobre as recomendações de ações de salvaguarda do Choro estão sendo debatidas por convidados escolhidos, com reconhecida atuação em prol do Choro nas áreas de educação, memória e produção. Agentes culturais, associações, clubes do Choro, movimentos e coletivos do Choro, musicistas, chorões e choronas de todas as regiões do Brasil estão abordando a questão a partir das perspectivas de sua área de atuação, visando contribuir para a elaboração das propostas que deverão constar do dossiê que será encaminhado ao IPHAN.  

Programe-se e participe você também desse encontro que acontece logo mais, às 19 horas com transmissão via Youtube, pelo canal oficial do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular. Registre sua presença, apoio, contribuições e considerações pelo Chat ao vivo. Até lá.



24 de novembro de 2021

Orapronois garantindo o Chorinho desta quarta-feira.

Grupo Orapronois - Foto: Divulgação
Chorinho no Iracema é a pedida para esta quarta-feira. E quem garante a roda, a partir das 19 horas, é o Grupo Orapronois. Rodrigo Alonso no Cavaquinho, Fred Lazarini no pandeiro, Juliana D´Ávila na flauta e Magela do violão 7 cordas dão um show de ritmo e repertório.  O Iracema Bistrô Bar fica localizado em Santa Tereza e o grupo espera por você.

SERVIÇO
Chorinho no Iracema com Grupo Orapronóis
Data: 24 de novembro (quarta-feira)
Horário: 19 horas
Local: Iracema Bistrô Bar - Rua Almandina, 56 - Santa Tereza.
Informações: @iracemabh

23 de novembro de 2021

O violonista, professor e compositor Rogério Leonel é o convidado de hoje do ciclo de entrevistas “O Charme do Violão Mineiro”.

Rogério Leonel, violonista, professor e compositor  - Foto: Bárbara Suyan

O violonista, professor e compositor Rogério Leonel é o próximo convidado para o ciclo de entrevistas “O Charme do Violão Mineiro”. Quem o recebe para uma um encontro imperdível é o idealizador e produtor do projeto, o também violonista e produtor cultural, Celso Faria. A transmissão acontece nesta terça (23/11), às 20h30, pelo YouTube.

Rogério Leonel é mineiro de Piumhi, mas mudou-se muito jovem para o município de Passos, onde teve contato com diversos álbuns de violonistas brasileiros, como Paulinho Nogueira e Baden Powell, fato que foi decisivo para sua trajetória musical. Já residindo em BH, foi aluno de violão de Nelson Piló e de disciplinas teóricas na Fundação de Educação Artística e na Escola de Música da UFMG, além de ter frequentado o Festival de Inverno da UFMG. Rogério começou a se apresentar profissionalmente na década de 1970, como integrante e arranjador musical do "Grupo Mineiro Mambembe". Na década seguinte, passou a criar e assinar os arranjos musicais do quarteto vocal "Tom sobre Tom", além de iniciar intensa parceria com a cantora Lígia Jacques.

O trabalho de Rogério está registrado nos álbuns "Choro Barroco" e "Choro Cantado" (Lígia Jacques), "Titane", "Simbora, João" (Ladston do Nascimento), "Subvoar" (Loslena) e "Minas São Várias" (coletânea de compositores e cantores mineiros). Além de participações em diversos shows e espetáculos teatrais, Rogério Leonel atuou como professor da Escola Livre Música de Minas (idealizada por Milton Nascimento e Wagner Tiso) e da Escola Municipal de Música de Nova Lima. Atualmente, Rogério ministra cursos e oficinas de harmonia e violão.

Harmonia das Vozes, obra de autoria de Rogério Leonel
Dentre diversas outras obras que compõem sua produção como compositor, uma delas merece grande destaque: "Choro Barroco". Essa composição, além de um belíssimo registro instrumental e vocalizado no álbum homônimo da Cantora Lígia Jacques e uma versão letrada no CD Choro Barroco, da mesma cantora, também foi tema de abertura do documentário "Vanja Orico", produzido por Luiz Carlos Prestes Filho, para o Canal Brasil.

Rogério Leonel também dedica grande parte do seu trabalho aos arranjos instrumentais e vocais. Em 2016, ele lançou, com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Belo Horizonte, o livro "Harmonia das Vozes" - contendo vinte arranjos vocais, de sua autoria, para canções mineiras (leia mais sobre o livro).


Programe-se e não perca a entrevista com esse grande músico que trará muito mais sobre sua trajetória e contribuições ao universo do violão em Minas Gerais. Durante a entrevista você poderá participar pelo chat ao vivo

Até lá, desfrute da nossa audição de hoje que traz Rogério Leonel  nos apresentando um belíssimo solo de sua composição "João Sebastião", com a participação vocal da cantora Ligia Jacques. 

Este vídeo é parte do Programa Talentos produzido e exibido pela TV Câmara .

22 de novembro de 2021

Toca de Tatu lança seu terceiro álbum, totalmente autoral e comemorativo aos 10 anos do grupo.

Terceiro álbum do Toca de Tatu comemora uma década de estrada.

O grupo de música instrumental Toca de Tatu se uniu em Belo Horizonte. Luísa (Mitre) no piano, Lucas (Telles) no violão, Lucas (Ladeia) no cavaquinho e Abel (Borges) na percussão, se conheceram na faculdade e, além de grandes amigos, se tornaram músicos sintonizados um com o outro. Ao longo de uma década, eles vêm construindo uma carreira sólida, inédita e produtiva, que merece celebração inspirada, sonora e registrada. Para isso, o Toca de Tatu acaba de lançar seu terceiro álbum. "Toca de Tatu", comemorativo dos 10 anos de carreira, foi lançado na última sexta feira (19) e já está disponível em todos os aplicativos de música.

O grupo comemora  este ano, 10 anos de criação. Foto: Divulgação
Com um som único, respeitoso à tradição e com um espírito inovador, o Toca possui interpretações que valorizam a coletividade, equilibrando suingue, versatilidade e delicadeza. No repertório, peças autorais e de compositores consagrados recebem o trato refinado dos arranjos do grupo, que transita por diversos ambientes da música instrumental brasileira, passeando pelo balanço e fraseado típicos do Choro, a liberdade improvisatória do jazz e a abordagem camerística da música de concerto.

Além dos dois álbuns anteriores: “Meu amigo Radamés” (2013), em homenagem ao maestro e compositor brasileiro Radamés Gnattali, e “Afinidade” (2017), dedicado a compositores contemporâneos de Minas Gerais; ambos de acesso físico e pelas plataformas streaming disponíveis, o grupo conta agora com o "Toca de Tatu", CD lançado na última sexta feira (19/11), que ganhou o nome do grupo como título e um repertório com dez faixas, todas composições autorais dos seus componentes.

O álbum "Toca de Tatu" lançado pelo selo Grão Discos, foi gravado em janeiro deste ano, no Estúdio Macieiras (Alexandre Andres), um local que une música e natureza dentro de uma fazenda. Christiano Caldas foi responsável pela mixagem e masterização e a edição e direção musical ficaram a cargo de Lucas Telles. Chegou a hora de curtir mais essa preciosidade do Toca de Tatu. Escolha sua plataforma favorita e ouça na íntegra. E por aqui, curta o vídeo de lançamento de "Estrada Velha," single de autoria de Lucas Telles e quarta faixa do CD.

20 de novembro de 2021

QUARTETO CHORARE NA CASA FÚNEBRE

A Casa Fúnebre, bar e espaço cultural localizado no bairro Saudade e reduto do Bloco Fúnebre que desfila no Carnaval de BH, se enche de alegria nesse domingo (21) e inclui em sua programação, uma animada roda de Choro.
O Quarteto Chorare é quem se apresenta a partir das 17 horas, com Daniel Christófaro no violão 7 cordas, Mateus Porto no bandolim, Vicente Siluzio no pandeiro e Chico Alves no sax.
Programe-se. A entrada é liberada e todos são bem vindos.

SERVIÇO
Roda de Choro com Quarteto Chorare 
Data: 21/11 (domingo)
Horário: 17 horas
Local: Casa Fúnebre - Rua Taquaril,30 - Bairro Saudade.
Entrada: livre
Informações: (31) 8596-9690
Veja  um pouquinho do que lhe espera por lá.

Domingo no Clube, importante programa radiofônico consagrado ao Choro, traz uma edição dedicada à cantora mineira Ligia Jacques.


Criado em 1985, pelo sergipano Thadeu Cruz, o Domingo no Clube talvez seja o programa radiofônico voltado para o Choro com mais tempo no ar ininterruptamente no Brasil. Atualmente produzido e apresentado pelo seu filho, o publicitário Sergio Tadeu, que herdou a profissão de radialista e o bom gosto musical do pai, o programa é transmitido de Aracaju (SE) pela rádio Aperipê, do sistema EBC — Empresa Brasileira de Comunicação.

Pelo programa já passaram muitos nomes importantes do Choro sergipano e de todo o Brasil. A edição que vai ao ar nesse domingo (21/11) será inteiramente dedicada à cantora mineira Lígia Jacques. Ela  irá bater um papo musical com o apresentador e nos acompanhar durante a apreciação dos seus dois cds o “Choro Barroco”, do ano de 2001 e o segundo “Choro Cantado”, lançado em 2010, através do qual presta uma belíssima homenagem à rainha do Choro, Ademilde Fonseca.

Pra quem já conhece, vale lembrar e pra quem não conhece fica o recado: O programa vai ao ar todos os domingos das 10h às 12h, nas rádios Aperipê 630 AM e Aperipê 104.9 FM. 

Sintonize acessando www.aperipe.com.br ou ouça diretamente pelo nosso radinho, é só clicar e desfrutar desse encontro imperdível com a mineira Lígia Jacques. 

Choro Nosso é a atração de hoje no Bar Museu Clube da Esquina.


O Choro Nosso é a atração de hoje (20/11) no Bar Museu Clube da Esquina. O grupo que é uma das referências do Chorinho em BH se apresenta a partir das 13 horas, com Marcela Nunes na flauta, Renato Muringa no cavaquinho, Silvio Carlos no violão 7 cordas e Daniel Guedes no pandeiro.

O quarteto se apresentará em ambiente externo,  garantindo uma tarde musical para lá de agradável com um repertório de Choro e Samba, enquanto você saboreia a tradicional feijoada oferecida aos sábados pela casa. O bar fica localizado a poucos metros da famosa esquina de Paraisópolis com Divinópolis, no Bairro santa Tereza e presta homenagem ao lendário Clube da Esquina, um dos movimentos mais importantes da música brasileira, que influenciou gerações de artistas e projetou a música mineira nacionalmente. Programe-se e chame os amigos para esse programa imperdível.

SERVIÇO
Grupo Choro Nosso - Samba e Choro
Data: 20/11/2021 - Sábado
Horário: 13 horas
Local: Bar Museu Clube da Esquina - Rua Paraisópolis, 738 - Santa Tereza - BH
Entrada:R$15,00 - Ingressos antecipados: www.bardomuseuclubedaesquina.com.br/agendadeshows
ou através do SYMPLA: www.sympla.com.br/barmuseuclubedaesquina
Informações e reservas: (31)99688-0558

19 de novembro de 2021

Muito Choro instrumental e Samba de raiz no cardápio musical do Cantin D'or Noir.

A programação musical  do Cantin D'oir Noir desta sexta (19) está repleta de Choro instrumental e Samba de raiz. A apresentação começa às 19h30 e será comandada por Mauro Zockratto e Trio. 

Além de Zocratto, o grupo é formado por Adir Reis, Cláudio Batuta e Matheus Loureiro. Programe-se para desfrutar de um repertório impecável da música brasileira e um variado cardápio culinário.

SERVIÇO
Choro e Samba com Mauro Zockratto & Trio
Data: 19/11/2021 - sexta feira
Horário: 19h30
Local: Cantim Noir - Avenida do Contorno, 3588 - Santa Efigênia
Couvert artístico: R$15,00

Chorare Quarteto garante o Chorinho no Botequim do Demerval.

 
O Chorare Quarteto volta a se apresentar neste sábado (20/11), no Botequim do Demerval, espaço maroto localizado no Coração Eucarístico. Com Daniel Christófaro no Violão 7 cordas, Mateus Porto no Bandolim, Vicente Siluzio no Pandeiro e Chico Alves no Sax, a roda de Choro está garantida com o melhor repertório, a partir das 14 horas.

O Demerval traz consigo as características de um barzinho universitário pequenininho, mas muito animado, com um cardápio ao estilo quadro negro e giz e várias opções saborosas para você escolher. Programe-se.

SERVIÇO
Chorinho com Quarteto Chorare
Data: 19/11/2021 (sábado)
Horário: a partir das 14 horas
Couvert:R$7,00
Local: Botequim do Demerval - R. Padre Demerval Gomes, 380 A - Coração Eucarístico


Clube do Choro de Pelotas comemora hoje o Dia Municipal do Choro. A programação inclui show em homemangem a Avendano Júnior, com transmissão online.


O Clube do Choro de Pelotas está comemorando nesta sexta, 19 de novembro, o Dia Municipal do Choro. Este ano o Clube do Choro de Pelotas, junto à Prefeitura Municipal, estreou o I Festival de Choro de Pelotas com a realização de uma semana de atividades em formato híbrido (virtual e presencial) que incluiu rodas itinerantes, oficinas, palestras, entre outras.  A cerimônia de encerramento do festival acontece hoje, às 19 horas, com uma Roda de Choro na Secretaria da Cultura local. A programação homenageará o saudoso compositor e cavaquinista Avendano Júnior, na mesma data do seu aniversário de nascimento, e também suas companhias musicais e afetivas que ajudaram a construir o lindo movimento de Choro pelotense.

Devido aos protocolos exigidos neste momento de pandemia, as vagas para assistir ao show de forma presencial e gratuita são limitadas e devem ser reservadas através do número/whats (53) 991170082, com Gustavo Mustafé. 
Mas para a felicidade do grande público, o show também será transmitido online, através da 

SERVIÇO
1º Festival de Choro de Pelotas - Show de encerramento em homenagem a Avendano Junior.
Data: 19/11/2021 (Sexta-feira)
Horário: 19 horas
Local: Presencial na SECULT Pelotas  ou Online via Youtube 

18 de novembro de 2021

Choro Nosso na roda mais charmosa do Bairro da Graça.


A tradição do chorinho da quinta continua no O Muringueiro. O clima é o de sempre: Choro Nosso comandando a roda, músicos amigos chegando com seus instrumentos e a roda girando...
E hoje não vai ser diferente. A partir das 19 horas, Renato Muringa no cavaquinho, Marcela Nunes com sua premiada flauta transversal, o mestre Silvio Carlos no violão 7 cordas e Daniel Guedes no pandeiro aguardam por todos, para mais uma roda imperdível na esquina mais charmosa do bairro da Graça. Programe-se e vai aquecendo o coração com uma palinha:




SERVIÇO
Choro Nosso na Roda
Data: 18/11/2021(quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416
Bairro da Graça - Belo Horizonte
Informações e reservas: (31)99319-5525
ou contato@muringa.com.br 

Orapronois chega com toda malemolência para mais uma noite imperdível de Samba e Choro.


Nesta quinta (18/11), o Orapronois chega com toda malemolência para mais uma noite imperdível de Samba e Choro e vem composto por Geraldo Magela no violão 7 cordas, Rodrigo Alonso no cavaquinho e Frederico Lazarini no pandeiro.

O grupo com grande atuação no cenário da música em BH se apresenta a partir das 19 horas, no Sheridan Restaurante e Bar, localizado no tradicional bairro de Santa Tereza. 

Programe-se para curtir um repertório musical de primeira, em um local que promete um cardápio com petiscos especiais e drinks diferenciados.


SERVIÇO
Grupo Orapronois - Choro e Samba
Data: 18/11 - Quinta feira
Horário: 19 horas
Local: Sheridan Restaurante e Bar - Rua Mármore, 588 - Santa Tereza - BH
Informações: (31) 99949-9980

Na Boca do Choro recebe Anderson Silva e Daniel Toledo para mais uma noite de grande valor musical.


Nesta quinta (18/11) o grupo Na Boca do Choro volta ao MINC Bar, espaço localizado no bairro Santa Efigênia para mais uma noite de grande valor musical. A escalação para esta semana conta com as presenças do saxofonista Anderson Silva e do violonista Daniel Toledo, que se reúnem a Marcos Oliveira no Cavaco e Rubens Costa no pandeiro. A roda começa a partir da 20 horas e promete o melhor do Choro instrumental, em ótimas companhias. Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro - Na Boca do Choro convida Anderson Silva e Daniel Toledo
Data: 18/11 - quinta feira
Horário: a partir das 20 horas
Local: MinC-Bar
Endereço: Rua Castelo Novo, nº10
Bairro Santa Efigênia - BH
Informações: (31) 99221-9704

Santa Baderna no quintal da Amadoria.

Santa Baderna - Foto: Divulgação

A semana é mais curta mas nem por isso a diversão tem que ser. Nesta quinta, a partir das 18 horas, tem Santa Baderna no quintal da Amadoria. O projeto reúne grandes instrumentistas como Artur Pádua (violão), Gustavo Monteiro (violão 7 cordas), Daniel Capu (cavquinho), Daniel Nogueira (pandeiro), Marcos Flávio (trombone), Thiago Balbino (bandolim) e seus convidados, formando uma roda descontraída e repleta de músicos com vasta experiência no universo do Choro belo-horizontino. Programe-se e chame os amigos para curtir a baderna mais santa e organizada da cidade.

SERVIÇO

Roda de Choro Santa Baderna
Data: 18/11/2021 (quinta)
Horário: 18 às 23 horas
Local: Amadoria - Rua Mucuri, 325 - Floresta, Belo Horizonte / MG, Brasil
Ingressos: O ingresso individual e antecipado para a roda desta quinta custa R$15,00 e pelo ser comprado pelo SYMPLA. Apenas uma parte dos ingressos estão sendo vendidos de maneira antecipada - outra parte será vendida na porta, por R$ 20,00 por pessoa, até a lotação da casa.



Terno Mineiro apresentando clássicos do Choro e Samba instrumental.


Com um repertório de Samba e Choro instrumental, incluindo clássicos de Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Waldir Azevedo, Donga, entre outros mestres da música brasileira, o Terno Mineiro volta a se apresentar nesta quinta (18/11), a partir das 19 horas, no palco da Cervejaria Cultura. O grupo formado pelos instrumentistas Gelson Luiz (violão), Fábio Miudinho (cavaquinho 5 cordas) e Samir Valente (pandeiro) esperam por você. Programe-se.


SERVIÇO
Samba e Choro instrumental, ao vivo, com o grupo Terno Mineiro
Data: 18/11/2021 - quinta feira
Horário: 19 horas
Local: Cervejaria Cultura - Rua Itapeva, 115 - Bairro Concórdia
Couvert artístico: R$10,00
Informações e reservas: (31)998904539

17 de novembro de 2021

Abre a Roda Mulheres no Choro em mais uma noite cheia de surpresas musicais.

Especialmente nesta semana, o chorinho na esquina mais animada da Major Lopes vai rolar na quarta-feira (17/11). O Santo Boteco irá receber o Abre a Roda Mulheres no Choro para mais uma noite cheia de surpresas musicais, harmonia e inclusão. 
E hoje, a partir das 18h30, o coletivo pretende repetir o sucesso com seu elenco e muitos convidados. Estejam convidados.


SERVIÇO
Abre a Roda Mulheres no Choro no Santo Boteco
Data: 17/11/2021 - quarta-feira
Horário: a partir das 18h30
Local: Santo Boteco - R. Major Lopes, nº 4 - Bairro São Pedro - BH


E aproveite desde já, curtindo um pouquinho do que tem rolado por lá.

Bola Preta" com Abre a Roda Mulheres no Choro 

16 de novembro de 2021

Processo de registro do Choro como Patrimônio Cultural do Brasil promove encontros com representantes das cinco regiões do país.


Durante todo este mês de novembro e parte de dezembro, acontece mais uma etapa do processo de registro do Choro como Patrimônio Cultural. Desta vez, o foco está voltado para ouvir representantes das cinco regiões do país a partir das atividades já realizadas. As regiões Nordeste e Norte já foram contempladas em semanas anteriores. Já a região Centro-Oeste terá  o encontro no dia 18/11 e a região Sudeste em duas datas: representantes do RJ e MG se reúnem em 25/11 e de SP e ES,  em 02/12. Finalizando esta etapa, a Região Sul tem o evento programado para 09/12.

Após levantamento de dados, o resultado de um ano e meio de trabalho será enfim compartilhado. Serão debatidas recomendações de ações de salvaguarda do Choro, enquanto bem cultural em cada região, e propostas que deverão constar do dossiê a ser encaminhado ao Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O processo de registro do Choro como Patrimônio Cultural do Brasil, título conferido pelo Iphan, iniciou com três ciclos de seminários online. O primeiro ocorreu em novembro de 2020, abordando educação e acervos; o segundo, realizado entre abril e maio deste ano, versou sobre memória e cenas do Choro; e o terceiro ciclo aconteceu entre julho e agosto, com destaque para os instrumentistas. A pesquisa está sendo conduzida pela Associação de Amigos do Museu de Folclore Edison Carneiro (Acamufec), selecionada em 2019 por edital para também documentar a instrução técnica do processo de registro. O trabalho que seria realizado presencialmente passou para o formato virtual, em virtude da pandemia de Covid-19.

Este quarto ciclo de encontros ocorrerá sempre às quintas-feiras, às 19h, com transmissão pelo canal do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP/Iphan) no YouTube. E se você perdeu, confira abaixo os dois encontros já realizados nessa etapa.


12 de novembro de 2021

A programação musical do Cantin D'or Noir traz muito Choro instrumental e Samba de raiz para esta sexta.

A programação musical de fim de semana do Cantin D'or Noir inclui muito Choro instrumental e Samba de raiz A apresentação desta sexta (12)  começa às 19h30 e fica por conta do quarteto formado por Mauro Zockratto, Adir Reis, Cláudio Batuta e Matheus Loureiro.
Programe-se para desfrutar de um repertório impecável da música brasileira e um variado cardápio culinário.

SERVIÇO
Choro e Samba com Mauro Zockratto & Trio
Data: 12/11/2021 - sexta feira
Horário: 19h30
Local: Cantim Noir - Avenida do Contorno, 3588 - Santa Efigênia
Couvert artístico: R$15,00
Informações e reservas: (31) 988134760 / 997078090

A Roda do Padreco está de volta e ocupa seu lugar no reduto do Choro mais querido no Padre Eustáquio: o Butiquim Vila Rica.


Depois de um longo período de recesso nas atividades presenciais, a Roda do Padreco voltou a ocupar seu lugar no reduto do Choro mais querido no Padre Eustáquio: o Butiquim Vila Rica. E nesta sexta (12/11), a partir das 19 horas, o coletivo fundado por talentosos acadêmicos da UEMG, e agora composto por muitos outros instrumentistas de valor, se reúne para mais uma roda que timbra muito afeto.

A roda é sempre aberta à participação de músicos profissionais ou amadores. Então programe-se e essa noite com o melhor do Chorinho. Mas lembre-se: respeite os protocolos contra a COVID-19 que inclui máscara, álcool, distanciamento e vacina no braço.

Roda do Padreco: uma palinha que dá gosto...

SERVIÇO
Roda do Padreco - Roda de Choro aberta
Data: 12/11/2021 (sexta)
Horário: 19 horas
Local: Butiquim Vila Rica (Antigo Bar do Bolão) - Rua Vila Rica, 637 – Padre Eustáquio – BH
Couvert: contribuição espontânea - valor sugerido R$10,00

11 de novembro de 2021

Hoje é dia de colocar o coração para bater no ritmo do Terno Mineiro.

Hoje é dia de colocar o coração para bater no ritmo do Terno Mineiro, grupo formado pelos instrumentistas Gelson Luiz (violão), Fábio Miudinho (cavaquinho 5 cordas) e Samir Valente (pandeiro).  

Com um repertório de Samba e Choro instrumental, composto por clássicos  e incluindo composições de Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Waldir Azevedo, Donga, entre outros mestres da música brasileira, o Terno Mineiro espera por você a partir das 19 horas, no palco da Cervejaria Cultura. Programe-se.

SERVIÇO
Samba e Choro instrumental, ao vivo, com o grupo Terno Mineiro
Data: 11/11/2021 - quinta feira
Horário: 19 horas
Local: Cervejaria Cultura - Rua Itapeva, 115 - Bairro Concórdia
Couvert artístico: R$10,00
Informações e reservas: (31)998904539

Atuante instrumentista no cenário do Choro e reconhecido mestre no ambiente acadêmico, o flautista Marcelo Pereira é o convidado de hoje do grupo "Na Boca do Choro".


Atuante instrumentista no cenário do Choro e reconhecido mestre no ambiente acadêmico, Marcelo Pereira é o convidado de hoje do grupo "Na Boca do Choro", em mais uma imperdível roda no MinC Bar.

Marcelo Pereira é Bacharel em Flauta e Saxofone e graduou-se Mestre em Performance Musical pela UFMG. Durante sua formação, estudou com professores renomados como Juvenal Dias, Artur Andrés, Maurício Freire e Dílson Florêncio. Atualmente, Marcelo Pereira é docente nos cursos de graduação da Escola de Música da UEMG.

Além de se dedicar à carreira acadêmica, com reconhecida dedicação, suas participações em projetos musicais são também sempre marcantes. Ele já atuou como instrumentista em shows e gravações de vários artistas como Rubinho do Vale, Guilherme Arantes, Paulinho Pedra Azul, Ricardo Novais, Toninho Geraes e Dona Jandira. Atualmente ele é integrante da Orquesta Atípica de Lhamas, do grupo Choro do Jura e Coordenador do Grupo de Choro da ESMU/UEMG.

Na apresentação de hoje, com início previsto para as 20 horas, Marcelo Pereira tocará ao lado de Diogo Costa (Violão 7 cordas), Marcos Oliveira (cavaquinho) e Rubens Costa (pandeiro) e trará para o palco do MinC toda a bagagem musical e competência instrumental que carrega consigo. Programe-se.

E até lá, confira um pouquinho do trabalho de Marcelo Pereira junto ao Grupo de Choro da UEMG.  No vídeo, o grupo apresenta  "Flor Amorosa", composição de J. A. Callado e Catullo da Paixão Cearense. Nessa versão, a música interpretada pelo Grupo de Choro da UEMG tem arranjo de Marcelo Pereira e Lucas Carvalhais, com inserção de solo de flauta transcrito de gravação de Altamiro Carrilho.



SERVIÇO
Na Boca do Choro convida Marcelo Pereira
Data: 11/11- quinta feira
Horário: a partir das 20 horas
Local: MinC-Bar
Endereço: Rua Castelo Novo, nº10
Bairro Santa Efigênia - BH
Informações: (31) 99221-9704

Choro Nosso com as bençãos de Pixinguinha.

Nesta quinta, com as bênçãos do mestre maior Pixinguinha, o Choro Nosso promove sua tradicional roda de Choro no O Muringueiro. O grupo formado  pelos instrumentistas Silvio Carlos, violonista 7 cordas e sócio fundador do Clube do Choro de BH, Marcela Nunes (flauta), Daniel Guedes (pandeiro) e Renato Muringa (cavaquinho) se apresenta a partir das 19 horas. Programe-se e não perca a benção musical.  

E até lá aproveite a canja:



SERVIÇO
Roda de Choro com grupo Choro Nosso
Data: 11/11 - quinta feira
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416
Bairro da Graça - Belo Horizonte
Informações e reservas: (31)99319-5525

10 de novembro de 2021

6ª edição do “Arrumação Recital” celebra Belo Horizonte Cidade Criativa da Gastronomia com evento aberto e participação de músicos importantes do cenário do Choro.

6ª edição do "Arrumação Recital" celebra também o aniversário de Saulo Laranjeira - Foto: divulgação.

O Primeiro show presencial de Saulo Laranjeira após a pandemia será mais que especial. Na quinta- feira, 11 de novembro, a partir das 19 horas, no complexo Vila Rica Pampulha, o projeto “Arrumação Recital” celebra a nossa Belo Horizonte Cidade Criativa da Gastronomia com um evento aberto, contando com a participação de instrumentistas importantes do cenário do Choro belo-horizontino, entre outros artistas.

Ausier Vinícius é um dos músicos convidados. Foto: Felipe Temponi
O “Arrumação Recital” tem a aura dos festejos mineiros e dos saraus poéticos com a missão de revelar os encantos dos lugares. Para essa 6º edição – aguardamos o público presencialmente, no coração da região da Pampulha, para compartilhar experiências gastronômicas e musicais. 

Com um formato inédito, acompanhado por Ausier Vinícius e o grupo de choro Orapranois – Saulo Laranjeira comemora seu aniversário, em um evento aconchegante com mais convidados da nossa MPB – as cantoras Mirianês Zabot e Danielle Bonfim, e o guitarrista Alexandre da Mata. 

Grupo Orapronóis - Foto: Olivier Lob
As intervenções poéticas ficam a cargo de Gonzaga Medeiros – e a “festa” também terá a participação da mixologista Marcela Azevedo da Cachaçaria Itinerante e exposição de fotografias de Sylvio Coutinho.

O “Arrumação Recital” será realizado no Vila Rica Pampulha – centro gastronômico, comercial e cenográfico com arquitetura barroca no bairro Ouro Preto. O acesso é gratuito, sujeito a lotação com capacidade de acordo com as normas sanitárias de prevenção ao covid-19. 



O público também poderá acompanhar ao vivo através do canal do Youtube Saulo Laranjeira Oficial (link)

SERVIÇO
Arrumação Recital – com Saulo Laranjeira e Convidados
Acesso Gratuito (espaço sujeito a lotação)
Local: Vila Rica Pampulha – Av. Fleming 900, Ouro Preto.
Link de acesso ao vivo: https://www.youtube.com/watch?v=axq-RnBLSao
Informações: Paula Granja Assessoria de Imprensa
Contato: (31) 99649-2968

9 de novembro de 2021

José Lucena Vaz em entrevista no "O Charme do Violão Mineiro": a trajetória e importante carreira desse mestre, do violão e de muitos.

José Lucena Vaz - foto:Beto Eterovick
O violonista e professor José Lucena Vaz é o convidado de hoje (9/11) do ciclo de entrevista “O Charme do Violão Mineiro”. Este ciclo é apresentado pelo violonista, professor e produtor cultural Celso Faria. Realizado de forma remota, as edições ocorrem sempre às terças-feiras, às 20h30, com transmissão pelo YouTube.

José Lucena Vaz nasceu em 1944, no município mineiro de João Pinheiro e se mudou para Belo Horizonte ainda criança. Foi aluno interno do Instituto São Rafael (especializado na instrução de pessoas com deficiência visual). Nesta mesma instituição, Lucena iniciou seus estudos musicais em 1953 e, aos quatorze anos, passou a se dedicar exclusivamente ao violão. Ele obteve o diploma do Curso Técnico em Violão em 1967, tendo como mestre o professor Walter de Carvalho Alves.

A partir da década de 1970, Lucena buscou aperfeiçoamento instrumental e musical em diversos cursos, tais como: "Festival de Inverno" (Ouro Preto); "Seminário Internacional de Violão" (Porto Alegre) e "Seminário Internacional de Guitarra" (Montevidéu). Mesmo período em que obteve algumas das suas premiações, entre as quais destacamos o primeiro prêmio no "III Concurso Internacional de Violão" (Porto Alegre - 1971) e a Medalha de Ouro no "Seminário Internacional de Guitarra (Montevidéu - 1975)

Em 1973, ele ingressou no Curso de Composição e Regência da Escola de Música da UFMG e, a partir de 1976, passou a lecionar Violão nesta mesma instituição. Reconhecido como um dos principais professores de violão do país, o trabalho de Lucena é fundamentado no estudo de aspectos da cinesiologia humana aplicáveis à técnica de execução violonística. Atualmente, José Lucena Vaz divide suas atividades entre recitais de violão solo, cursos de pequena duração, além de palestras sobre aspectos da técnica e interpretação violonística.

Programe-se e não perca logo mais a entrevista com José Lucena Vaz que trará muito mais sobre sua trajetória e contribuições ao universo do violão em Minas Gerais. E aproveite para participar  pelo chat ao vivo.

8 de novembro de 2021

Brasil Encanto apresenta a agilidade de Eric Diógenes no bandolim.

Eric Diógenes - Foto: Reprodução Brasil Encanto.

O Programa Brasil Encanto nos apresenta, em mais uma edição muito especial, um bandolinista da nova safra de músicos cearenses: Eric Diógenes. Érick é um jovem que consegue fazer de seu instrumento um meio de transporte harmônico entre um ponto e outro da música. Com ele, vamos percorrer os caminhos musicais do nosso Brasil cheio de vitalidade, harmonia e uma sonoridade única.

Ao lado do Trio Brasil Encanto, formado por Luiz José, Lucas Ervedosa e Igor Ribeiro, Erick vai mostrar nesse programa que a música brasileira, além de rica e emocionante, é um veículo para nosso encontro e nosso encanto. 

No repertório escolhido por Erick estão obras primas de grandes mestres: "Amoroso" (Garoto), "Nostalgia" (Jacob do Bandolim), "Proezas de Solon" (Pixinguinha e Benedito Lacerda), "Soluçando" (Cláudio Pereira da Silva), "Serenata no Joá" (Radamés Gnatali), "Saudações" (Otávio Dias Moreno), "Noites Cariocas" (Jacob do Bandolim), "Saxofone por que choras?" (Ratinho), "Treme-Treme" (Jacob do Bandolim, "Flor do Mal" (Santos Coelho), "Confidências" (Ernesto Nazareth).  Aprecie esta imperdível audição.

6 de novembro de 2021

Sonoroso no 80 Bar tocando grandes mestres da música brasileira.

Neste sábado (06/11), a partir das 16 horas, o grupo Sonoroso volta a se apresentar no 80 Bar, trazendo um repertório repleto de composições de grandes mestres da música brasileira. 
Os músicos Alexandre Bacalhau no violão 7 cordas, Leandro Silva no bandolim, Robson no cavaquinho e Rafael dão grande destaque ao Choro e ao Samba de Raiz e prometem o melhor desses gêneros. Programe-se para uma matinê imperdível.


Show ao vivo com Grupo Sonoroso
Data: 06/11/2021 - Sábado
Horário: 16 horas
Local: 80 Bar - Rua Paraíba, 1334 - Savassi
Informações: (31) 99791-8080

5 de novembro de 2021

Música de Domingo: o cavaquinista Warley Henrique recebe o percussionista Marcos Suzano em show gratuito e imperdível.

 

O músico, compositor e arranjador Warley Henrique (BH) traz para a programação do Música de Domingo seu show instrumental "Brasilidades".  A atração é em formato duo (cavaco e pandeiro) e traz em seu repertório releituras de clássicos do Choro com seu cavaquinho de cinco cordas. 

No show que acontece no próximo domingo (07/11), às 17 horas, no Teatro Sesiminas, Warley é acompanhado pelo renomado percussionista carioca, Marcos Suzano. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados através do Sympla (acesse esse link).

QUARTETO CHORARE GARANTE O CHORINHO NO BOTEQUIM DO DEMERVAL.


E o chorinho continua no Botequim do Demerval. E quem garante a roda é o quarteto Chorare com o Violão 7 cordas no comando de Daniel Christófaro, Mateus Porto no Bandolim,  Pandeiro com Vicente Siluzio e Chico Alves no Sax. A apresentação acontece aos sábados, a partir das 15 horas.

O Demerval, localizado no bairro Coração Eucarístico, traz consigo as características de um barzinho universitário pequenininho, mas cheio de amor e conversa fiada pra dar. 
E vira e mexe acontece por lá o Chorinho no Demerval, com aquela galera marota comendo croquete de carne e bolinho de arroz com geleia de pimenta biquinho e o sanduíche de costelinha desfiada com queijo canastra. 
Não adianta pedir cardápio porque não tem não. É na base do quadro negro e giz mesmo, só olhar as paredes para achar o menu. Finge costume!

SERVIÇO
Chorinho com Quarteto Chorare 
Data: 06/11/2021 (sábado)
Horário: a partir das 15 horas
Couvert: não haverá cobrança
Local: Botequim do Demerval - R. Padre Demerval Gomes, 380 A - Coração Eucarístico

A Roda do Padreco está de volta! A grande reestreia acontece hoje, com o mesmo formato e alegria.

Depois de 2 longos e intermináveis anos, finalmente vamos matar a saudade da Roda do Padreco, um grupo eclético e talentoso formado por acadêmicos da UEMG e outros instrumentistas de valor. As apresentações retornam nesta sexta-feira (5/11) no mesmo local, horário, formato e alegria.

A Roda do Padreco existe há 7 anos e tem como local de origem, o bairro Padre Eustáquio, localizado na região noroeste e com longa história com o chorinho da capital. Foi exatamente lá que há 15 anos, nas tradicionais rodas do Bar do Bolão surgiu o Clube do Choro de BH. O bairro permanece atraindo antigos e jovens chorões e desde janeiro de 2019 os encontros da Roda do Padreco vem acontecendo no local - rebatizado como Butiquim Vila Rica - e assim mantendo a tradição daquele reduto do Choro em BH.

Hoje, a partir das 19 horas, a roda volta com energia total e está aberta à participação de músicos profissionais ou amadores. Prepare-se para matar a saudade. Mas lembre-se, esse retorno só é possível seguindo os protocolos contra a COVID-19: máscara, álcool, distanciamento e vacina no braço. 

SERVIÇO
Roda do Padreco - O retorno
Data: 05/11/2021 (sexta)
Horário: 19 horas
Local: Botequim Vila Rica (Antigo Bar do Bolão) - Rua Vila Rica, 637 – Padre Eustáquio – BH
Couvert: contribuição espontânea - valor sugerido R$10,00
Maiores informações: https://www.instagram.com/rodadopadreco/