21 de maio de 2019

Choro de Mercearia se apresenta hoje no Butiquim do Valter

Grupo Choro de Mercearia
Nesta terça (21), o Grupo Choro de Mercearia faz sua tradicional Roda de Choro no Butiquim do Walter, em Santa Tereza.

A partir das 19 horas, Analu Braga na percussão, Marcos Ruffato no bandolim, Silvio Carlos no violão 7 cordas, Eduardo Macedo no cavaquinho e Raissa Anastásia na  flauta esperam por você, e garantem o melhor do chorinho. 
Programe-se.


SERVIÇO
Roda de Choro com "Choro da Mercearia"
Data: 21 de maio 2019 (terça)
Horário: 19 horas
Local: Butiquim do Walter - Rua Mármore, 181- Bairro Santa Tereza - BH

18 de maio de 2019

Beco do Choro. Uma roda matinal para alegrar seu domingo.

Domingo é dia de curtir o Beco do Choro, uma roda matinal que reúne um grupo seleto de instrumentistas.
Luiz Pinheiro na flauta, Du Macedo e Alonso nos cavaquinhos, Daniel Nogueira e Fred Lazarine na percussão, Agostinho e Geraldo Magela nos violões e Thiago Balbino no bandolim se apresentam no espaço "Tua Pizza", das 10h30 às 13h30, oferecendo um cardápio variado de Choros. Programe-se e chame os amigos.


SERVIÇO
Projeto Beco do Choro
Data: 19 de maio 2019
Horário: 10h30 às 13h30
Local: Tua Pizza Mangabeiras - Av. Bandeirantes, 1299 - Mangabeiras - BH
Informações: (31) 2510-4410

17 de maio de 2019

Roda do Padreco completa 5 anos e celebra hoje com Choro e alegria.


Hoje, logo mais a partir das 19 horas, a Roda do Padreco se reúne para festejar seus 5 anos de existência. E como local para esta grande celebração, foi escolhido o Butiquim Vila Rica (antigo bar do Bolão), tradicional reduto do Choro localizado no Padre Eustáquio, bairro de origem e que inspira o nome do grupo.

A roda é formada por alunos da Escola de Música da UEMG e seus convidados. Além de homenagear o Choro, o objetivo do grupo é reunir os amigos em torno da música, amigos que se veem pouco durante a semana, mas que têm na roda aberta uma oportunidade de se encontrar, tocar juntos e confraternizar. E hoje, o convite se estende a todos, para participar desta grande festa de quinto aniversário.
Programe-se, prestigie e chame os amigos.

SERVIÇO
RODA DO PADRECO 
Data: 17 de maio (sexta)
Horário: 19 horas
Local: Butequim Vila Rica (Antigo Bar do Bolão) - Rua Vila Rica, 637 – Padre Eustáquio – BH
Maiores informações: https://www.facebook.com/rodapadreco/

16 de maio de 2019

Prefeitura lança edital CenaPlural 2019 para programação dos teatros municipais no segundo semestre.

O prazo para as inscrições no Edital CenaPlural, lançado pela Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Fundação Municipal de Cultura, iniciou na segunda feira (13) e permanece aberto até o dia 30 deste mês. O concurso selecionará espetáculos de música, teatro, dança, contação de histórias e circo destinados ao público infantil e adulto, que irão compor, prioritariamente, as programações artístico-culturais dos teatros municipais durante o segundo semestre do ano de 2019.

As inscrições são gratuitas e as propostas deverão ser inscritas na plataforma online Mapa Cultural BH e os documentos de habilitação entregues na sede da Fundação ainda dentro deste prazo, conforme consta nas instruções do concurso. O edital faz parte do Programa de Requalificação dos Teatros Municipais e está disponível para consulta no portal da Prefeitura. 

O Cena Plural tem como objetivo fortalecer e potencializar a produção artística nos espaços públicos, promover uma programação cultural diversa e qualificada para a população belo-horizontina, além de premiar e difundir o trabalho de artistas, coletivos e grupos locais com comprovado histórico de realizações na área. Podem se inscrever proponentes nas modalidades: Pessoa Física Individual, Coletivo de Artistas de Pessoas Físicas, Microempreendedor Individual e Pessoa Jurídica.

Novidades
Uma das principais mudanças do CenaPlural deste ano é a forma de remuneração das propostas selecionadas. O valor de remuneração seguirá uma lógica de quantidade de artistas em cena, comum a todas as categorias. 

Propostas com apenas um artista em cena terão o valor de R$ 2 mil por apresentação. Já com dois ou três artistas em cena a remuneração será de R$ 3,5 mil, enquanto com quatro ou mais artistas em cena será de R$ 5 mil. A divisão de teto por categoria definiu os valores de R$ 100 mil para dança, R$ 50 mil para circo; R$ 150 mil para teatro; R$ 50 mil para contação de histórias; e R$ 150 mil para música.

As propostas serão avaliadas de acordo com os critérios de relevância artística, clareza, qualidade técnica, adequação aos espaços, exequibilidade e capacidade da equipe profissional. Um novo destaque é a inclusão do critério protagonismo na análise das propostas. Serão pontuados com até cinco pontos projetos que proponham o protagonismo feminino, a igualdade de gêneros e/ou a promoção e a valorização do conteúdo artístico e/ou cultural das culturas negra, indígena, cigana e LGBT.


15 de maio de 2019

Choro e Chopp na Medeiros.


A Roda de Choro da Medeiros continua a esquentar as noites de quinta, no bairro Floresta. O projeto tem início às 19 horas e reúne um super time de instrumentistas. 
Thamiris Cunha no clarinete, Marcos Ruffato no bandolim, Agostinho Paolucci no violão de 7 cordas, Rafael Desidério no cavaquinho e Sandra Leão no pandeiro prometem um repertório de primeira e esperam para brindar com você. Prestigie.

SERVIÇO
Roda de Choro na Medeiros
Data: 16 de maio (quinta)
Horário: 19 horas
Local: Cervejaria Medeiros - Rua Tabaiares, 26 - Floresta
Couvert artístico: R$5,00
Informações: (31) 99127-8386

14 de maio de 2019

Túlio Araújo e o Choro Amoroso se apresentam no A Casa de Cultura.


Nesta quarta (15), o internacionalmente reconhecido percussionista mineiro Túlio Araújo e o espetacular Choro Amoroso se apresentarão, todas as quartas, no A Casa de Cultura, espaço localizado à Rua Padre Marinho, 30 em Santa Efigênia. As apresentações tem entrada gratuita.

Formado por Túlio Araújo no Pandeiro, Pablo Dias no Cavaco, Bruno Teixeira na Flauta, Augusto Cordeiro no Violão, Pedro Gomes no Ukulele Baixo e Pablo Malta no Bandolim, o grupo traz composições próprias de todos os integrantes, além de inteligentes releituras de mestres como Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Altamiro Carrilho, Dominguinhos, Eduardo Neves, Rodrigo Lessa, John Coltrane, Villa Lobos, Tom Jobim, Milton Nascimento e Djavan, entre muitos outros. A improvisação e criatividade são as diretivas desse encontro cheio de alegria, amizade e muita musicalidade. Programe-se . O Show começa às 22h30.

SERVIÇO:Túlio Araújo e o Choro Amoroso
Data: 15/05/2019 - Quarta-Feira
Horário: Casa: 21h | Show: 22h30
Local:A Casa de Cultura
Rua Padre Marinho, 30 - Santa Efigênia - BH
ENTRADA GRATUITA

13 de maio de 2019

Prêmio BDMG Instrumental elege os melhores compositores e instrumentistas mineiros.


Em seu 19º ano, o Prêmio BDMG Instrumental chegará a final da premiação no próximo final de semana, dias 17, 18 e 19 de maio. Doze semifinalistas apresentarão para o público e para uma comissão julgadora formada por músicos consagrados, jornalistas e representantes do Sesc SP, parceiro do BDMG Cultural, composições e arranjos inéditos. Os shows vão acontecer no Teatro Sesiminas (Rua Álvares Maciel, 59 – Santa Efigênia) na sexta-feira, às 20h, sábado e domingo, às 18h. 

No domingo, quando serão conhecidos os vencedores do 19º Prêmio BDMG Instrumental, Luísa Mitre, pianista e compositora mineira, realizará um pocket show com o repertório do CD Oferenda, consagrado pelo Prêmio Marco Antônio Araújo, que destaca o melhor CD autoral, instrumental e independente, produzido entre janeiro e dezembro de 2018. Também neste dia, a cantautora Julia Branco receberá o Prêmio Flávio Henrique, de melhor CD de canção, autoral e independente, produzido entre janeiro e dezembro de 2018, pelo álbum Soltar os cavalos.

Entre os semi finalistas desta edição do BDMG Cultural estão dois associados do Clube do Choro de Belo Horizonte: os violonistas Carlos Walter e Lucas Telles.

Carlos Walter. Foto: Alexandre Rezende
Carlos Walter foi eleito um dos melhores instrumentistas do Prêmio Melhores da Música Brasileira em 2015, além de selecionado para se apresentar no 6º Festival de Choro de Paris, em 2010, Carlos Walter é um violonista mineiro de mão cheia. Autodidata, assina o livro “O violão e as linguagens violonísticas do choro” e o CD e songbook “Calendário do Afeto: suíte para violão-solo com 9 movimentos alusivos aos meses de gestação”, uma homenagem ao seu primogênito. Instrumentista requisitado, tocou ao lado de Ian Guest, Juarez Moreira, Yamandu Costa, Gabriel Grossi, Nicolas Krassik, Hamilton de Holanda, entre outros.


Lucas Telles. Foto: Élcio Paraíso
O bacharel e mestre em música pela UFMG,  Lucas Telles é veterano no Prêmio BDMG Instrumental, consagrado em 2013. Especialista quando o assunto é Radamés Gnattali, Lucas atua como professor da UFOP, onde também coordena a Orquestra de Violões. Foi premiado no projeto "Novas 3" de composição para violão solo e classificou-se em 3º lugar no concurso de composição do 1º Festival do Choro Novo. O belo-horizontino se apresentou no Reencontres internationales de la guitare de Antony, na França, e possui dois CDs gravados com o grupo Toca de Tatu, do qual é integrante e um dos fundadores. Suas composições já foram interpretadas por Giselle Couto e Deh Mussulini. Tocou ao lado de Cristóvão Bastos, Toninho Carrasqueira, Nailor Proveta, Zé Nogueira, Célio Balona, entre outros.

PROGRAMAÇÃO COM ENTRADA FRANCA
Na sexta-feira, 17, subirão ao palco os músicos Marcus Abjaud, Gustavo Figueiredo, Marcela Nunes, Lucas Telles, Pedro Gomes e Assanhado Quarteto

No sábado, 18, defenderão as suas composições PC Guimarães, Carlos Walter, Rafael Martini, Rafael Pimenta, Marcelo Fonseca e Caetano Brasil & Grupo.

Nestes dois dias, a comissão julgadora indicará os seis finalistas que se apresentarão no domingo, 19, dia da finalíssima, quando serão conhecidos os quatro vencedores, que receberão R$12 mil e shows em Belo Horizonte, no CCBB-BH, e em São Paulo, no “Instrumental Sesc Brasil”, do Sesc SP, com a participação de um convidado de renome. Também serão premiados os dois finalistas, o melhor arranjo desta edição e os dois melhores instrumentistas das três noites. A premiação é realizada pelo BDMG Cultural, com patrocínio do Ministério da Cidadania e BDMG, via Lei de Incentivo Federal à Cultura.

10 de maio de 2019

Foi tão bom que vai ter mais. Hoje tem show da saideira do BH Choro com o grupo Regional da Serra.





O Projeto BH Choro, aprovado na Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte foi um dos eventos integrantes da Semana Nacional do Choro 2019. O projeto promoveu, no último final de semana,  três super shows gratuitos que levaram um expressivo público às praças da cidade.

O BH Choro, em sua 11ª edição, está repetindo o grande sucesso dos anos anteriores. Sucesso que continua hoje, a partir das 19 horas, com o grupo Regional da Serra que faz o "show da saideira", no Bar Brasil 41, em Santa Efigênia.

O Regional da Serra é integrado pelos jovens músicos Daniel Toledo (violão sete cordas); Pablo Dias (cavaquinho); Daniel Nogueira (pandeiro) e Pedro Alvarez (flauta). No repertório, o grupo traz os clássicos do Choro e do Samba da velha guarda, que na inspirada interpretação destes artistas, vem, cada vez mais, angariando admiradores dos elaborados arranjos criados para as peças escolhidas. Programe-se leve sua alegria e chame os amigos. 

SERVIÇO 
Projeto BH Choro apresenta Grupo  Regional da Serra. 
Data: 10/05/19 (sexta) 
Horário: 19 horas 
Local: Avenida Brasil, 41 - Santa Efigênia - BH