30 de abril de 2016

COMEMORANDO 10 ANOS DE FUNDAÇÃO, CLUBE DO CHORO DE BH PROMOVE MAIS 3 GRANDES EVENTOS EM MAIO.

Atenção amantes do Chorinho. O Clube do Choro de Belo Horizonte promove mais três grandes eventos neste mês de maio, em comemoração aos seus 10 anos de fundação. 
O primeiro deles já acontece amanhã, 1º de maio.  Em associação com a Secretaria do Trabalho do Município de Contagem, o Clube do Choro de BH realiza a Roda de Choro em Homenagem ao Trabalhador. As apresentações acontecem a partir das 11 horas, com grupos dos associados.

Sábado, dia 7 de maio, véspera do dia das mães, a roda de Choro com asociados e convidados a festa prossegue na Feira Tom Jobim de alimentação, que fica ao lado do Colégio Arnaldo, na esquina das Avenidas Brasil e Carandaí. O evento acontece das 11 às 15 horas, com mesas e cadeiras para conforto do público.

Também em maio teremos o Lançamento do livro “Histórias do Choro" de autoria de Luiz Otávio Savassi Rocha, médico e professor emérito da UFMG e também associado ao Clube. A noite de autógrafos será dia 14, às 19 horas, no foyer do Palácio das Artes . 
Com chave de ouro, no encerramento das comemorações, teremos no dia 14 de maio, às 20 horas, um supershow no Grande Teatro do Palácio das Artes, com os sócios do clube e artistas convidados. Entre eles, os bandolinistas Hamilton de Holanda e Ian Coury.
Para este evento, o sócio em dia com as contribuições terá direito a dois ingressos custeados pelo Clube. Para o público em geral, o ingresso será vendido na bilheteria do PA.
Maiores informações:
                                                             (31) 3236-7400 clubedochorodebh@clubedochorodebh.com.br.

"Segunda Musical" no Teatro da Assembléia apresenta recital em homenagem a Radamés Gnattali.


Radamés Gnattali, homenageado desta segunda.
O "Programa Segunda Musical" com entrada franca do Teatro da Assembléia apresenta nesta segunda, 2 de maio, às 20hs, um recital em homenagem aos 110 anos de nascimento do compositor Radamés Gnattali.
Mititza Franco e Souza, Maurício Veloso e o associado ao Clube do Choro de Belo Horizonte, Celso Faria se apresentarão executando  "Sonatina para Violão e Piano", "Sonatina para Flauta e Violão", "Sonata para Flauta e Piano" e ainda, de Tom Jobim, "Meu amigo Radamés", em arranjo para flauta, violão e piano de Hely Drummond.

Foto: Rodrigo Veloso
Militza Franco e Souza 
Iniciou seus estudos de flauta em Belo Horizonte, onde concluiu o Bacharelado em Música/Flauta na Escola de Música da UFMG. Ali foi premiada com o 1o. Lugar no 3o. Concurso de Música de Câmera da Escola de Música da UFMG, com o Quarteto de Flautas da UFMG, e como vencedora no Concurso para Solistas da Orquestra Sinfônica da EMUFMG, além de ter integrado o Conjunto de Música Antiga da UFMG. Como musicista de orquestra, atuou por diversas vezes como Flautista Convidada junto à Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Nos Estados Unidos esteve sob orientação da flautista Kate Lukas, da renomada Indiana University School of Music, Bloomington. De volta à Escola de Música da UFMG, atuou como professora de flauta doce e transversal no Curso de Extensão em Música e Coordenadora da Área de Sopros do Centro de Musicalização Infantil, além de ter concluído o Mestrado em Música/Flauta. Como flautista do Duo Instrumentalis, junto do pianista Maurício Veloso, gravou em 2012 um CD através de patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. Tem aparecido com frequência em concertos, além de dedicar-se ao ensino de Flauta e à promoção de recitais em seu estúdio – o Estúdio Instrumentalis.

Maurício Veloso
Foto: Rodrigo Veloso
Bacharel em Música/Piano pela Escola de Música da UFMG, Mestre em Piano pela Escola de Música da UFRJ, e Doutor em Música/Piano pela Indiana University School of Music (EUA), Maurício Veloso tem se apresentado frequentemente como solista e camerista em diversas séries e salas de concerto do Brasil e exterior. Trabalhou sob orientação dos pianistas Lucas Bretas, Maria Lígia Becker, Michel Block e Leonard Hokanson, entre outros. Em 1993 Maurício Veloso passou a integrar o corpo docente da Escola de Música da UFMG, em Belo Horizonte. Seu trabalho com a flautista Militza Franco e Souza resultou na gravação do CD “Duo Instrumentalis”, em 2012, além de ter gravado também para o CD “100 anos de Arthur Bosmans”, lançado pela Escola de Música da UFMG. Sobre Maurício Veloso, o renomado pianista Michel Block disse: “...é um pianista muito talentoso, musical, sensível e capaz. Eu o vi tocar várias vezes, tanto em concertos como em recitais aqui em Bloomington (EUA), e posso atestar sua excelência e valor. Ele é um sincero e verdadeiro artista.” Já Leonard Hokanson afirmou que “durante seu Doutorado, Maurício apresentou oito maravilhosos concertos com obras de envergadura de todos os períodos históricos, demonstrando habilidade técnica, profunda compreensão musical e refinada projeção de suas idéias musicais. Ele é um verdadeiro artista e refinado pianista, e merece ser ouvido.”

Foto: Foca Lisboa
Celso Faria
Nascido em Passos (MG) no ano de 1979, Celso Faria iniciou seus estudos musicais de maneira autodidata aos dez anos de idade. Em 1994 ingressou no “Curso de Formação Musical” da Escola de Música da UFMG, estudando na classe do professor José Lucena Vaz. Obteve o título de bacharel em violão na mesma instituição sob a orientação do professor Fernando Araújo. É especialista em Música Brasileira - Práticas Interpretativas - pela Universidade do Estado de Minas Gerais e Mestre em Performance Musical pela Universidade Federal de Minas Gerais. Celso Faria também foi aluno de Beto Davezac na Fundação de Educação Artística. Celso Faria obteve várias premiações, dentre elas: menção honrosa no “VII Concurso Nacional de Violão Souza Lima” (São Paulo, 1996), vencedor do “IX e XIV Concurso Jovens Solistas” da Escola de Música da UFMG (Belo Horizonte, 1998 e 2004), vencedor do “III e IV Concurso Jovem Músico BDMG” (Belo Horizonte, 2002 e 2003), vencedor do “Concurso Bianca Bianchi” (Curitiba, 2003), vencedor do “I Concurso Furnas Geração Musical” (Belo Horizonte, 2004) e semifinalista do “II Concurso de Violão Fred Schneiter” (Rio de Janeiro, 2005). Com um repertório que se estende desde o período renascentista até o século XXI, Celso Faria tem se apresentado nas mais importantes cidades brasileiras, seja como recitalista de violão solo, integrante em formações camerísticas ou ainda como solista orquestral. Gravou ao vivo o cd Romencero Gitano com o “Coro Madrigale” para selo independente e participou do cd “100 anos de Arthur Bosmans” pelo selo “Minas de Som”.

SERVIÇO
Recital: Homenagem à Radamés Gnattali com Mititza Franco e Souza (flauta), Maurício Veloso (piano) e Celso Faria (violão)
Data: 2 de maio 2016 (segunda-feira)
Horário: 20 horas
Local: Teatro da Assembléia Legislativa de MG - Rua Rodrigues Caldas, 30 - Santo Agostinho, BH
Entrada franca
Informações: (31) 2108-7827

29 de abril de 2016

CHORO DE DESPEDIDA

Concluindo o Seminário Euro-Brasileiro de Choro, Músicos do Clube do Choro de Paris se despedem do Brasil com apresentação no Pedacinhos do Céu.



Desde o dia 16 de abril, uma comitiva de músicos europeus participam em BH do Seminário Euro Brasileiro de Choro, uma promoção do Club du Choro de Paris, La Casa de Choro de Toulouse e Le Cebramusik. Após diversas atividades, incluindo eventos do Clube do Choro de BH, eles se despedem do Brasil com uma última apresentação nesta sexta, no Pedacinhos do Céu, reduto tradicional do Choro da cidade.
O evento tem início às 21 horas . Programe-se.

SERVIÇO:
Pedacinhos do Céu apresenta: "Clube do Choro de Paris"
Data: 29 de abril de 2016 - sexta-feira
Horário: 21h00
Local: Pedacinhos do Céu - Rua Belmiro Braga, 774 - Bairro Alto Caiçara. BH
Informações: (31) 3462-2260

Hoje tem roda de Choro no Xico Savassi


E como hoje é sexta, tem roda de Choro no Restaurante Xico Nunes Savassi. Com início marcado para as 18 horas e a presença dos chorões Wagner Andrade, Artur Pádua, Marcelo Jiran, Nixon, Ronaldo, Cícero Gonzaga e convidados. 
O projeto continua comemorando o mês dedicado ao Choro. 
Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro no Xico Nunes Savassi
Data: 15 de abril 
Horário: 18 horas
Local: Restaurante Xico Nunes Savassi
Endereço: Rua santa Rita Durão, 1066 - Savassi
Couvert: R$10,00
Informações: (31) 3261-2056

28 de abril de 2016

BH Instrumental estreia com manhã de Choro na Praça da Saúde.

Trio Caviúna, Marcela Nunes e Rentato Muringa iniciam programação do BH Instrumetal

No próximo sábado, 30 de abril, a série BH INSTRUMENTAL estreia sua temporada 2016 na Praça da Saúde, bairro Grajaú, espaço que já virou tradição na divulgação do chorinho feito em Belo Horizonte. Na manhã do choro, o projeto recebe duas atrações a partir das 11 horas . 
Quem inicia a festa é o Trio Caviúna, com o show "Alma de Violões". O trio se apresenta com os músicos Humberto Junqueira, Gustavo Monteiro e Artur Pádua trazendo um repertório de clássicos e composições contemporâneas e autorais, resgatando a riqueza do instrumento que representa a tradição da música instrumental popular brasileira.

150Em seguida, Marcela Nunes e Renato Muringa, parceiros dentro e fora do palco, apresentam o show “Em Casa”. As composições interpretadas pela dupla, acompanhada de Agostinho Paolucci e Luisa Mitre, integram o CD autoral dos músicos, lançado em outubro de 2015.

SERVIÇO
Projeto BH Instrumental apresenta: Trio Caviúnas em Alma de Violões +  Marcela Nunes e Renato Muringa no Show "Em Casa".
Data: 30 de abril (sábado)
Horário: 11 horas
Local: Praça da Saúde (Av. Silva Lobo - Bairro Grajaú)
Entrada Franca

27 de abril de 2016

Clube do Choro de BH promove grande festa celebrando o Dia Nacional do Choro e comemorando 10 anos de fundação.

23 de abril, dia dedicado ao gênero instrumental que é considerado genuinamente brasileiro e também data que se comemora o nascimento do compositor Pixinguinha, é considerada a principal referência entre os amantes do Choro. E como não poderia deixar de ser, também muito especial para o Clube do Choro de Belo Horizonte que promoveu uma grande festa para celebrar esta data.

Um grande número de pessoas foi comemorar o Dia Nacional do Choro.

O evento aberto ao público, aconteceu no Centro Cultural Padre Eustáquio e, das 16 às 21 horas, o espaço recebeu muitos associados, músicos convidados, patrocinadores e acolheu a população belorizontina que mais uma vez pode compartilhar a alegria das comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de BH.
No comando das atrações, esteve o Presidente do Clube do Choro de BH e comunicador, Acir Antão.


Vídeo: Nilson Cota

Os músicos e intérpretes associados e vários convidados se revezaram, formando diversos grupos que, tocando durante o evento, garantiram ao público um grande show com o melhor do chorinho.
Entre os vários músicos presentes, registramos a abertura do evento pelos músicos representantes do Clube do Choro de Paris e Casa do Choro de Toulouse que nos brindaram com uma bela apresentação, incluindo no repertório, composições de músicos mineiros como "O sapo e o grilo" de Geraldo Alvarenga.

Músicos do Clube do Choro de Paris e Casa do Choro de Toulouse fizeram a apresentação de abertura do evento. 
No palco estiveram músicos e intérpretes associados, sempre comprometidos com a difusão do Choro e abrilhantando os eventos do Clube.


Entre as muitas apresentações, o "Duo Treze Cordas" formado pelos violonistas Carlos Walter e Sílvio Carlos também arrancou aplausos calorosos do público.

Vídeo: Amilton Faria

O Clube do Choro de BH agradece a presença de todos que abrilhantaram esta festa e a colaboração daqueles que a tornaram possível.
Veja um pouco mais desta comemoração:

26 de abril de 2016

NOITE DE SEXTA AO SOM DO TRIO BOLA PRETA.

Trio Bola Preta. Foto: divulgação
Na  próxima sexta, 29 de abril, o Trio Bola Preta promove uma noite com Chorinho, na Efêmera Casa de Artes. O grupo nasceu em 2011 na Holanda, do encontro de três músicos com diferentes formações que tinham em comum a paixão pelo Choro e pela Música Brasileira. Atualmente radicado no Brasil é formado por Mariana Bruekers (MG/Brasil) na flauta, Francisco Medina (Lisboa/Portugal) no violão de 7 cordas e Natália Mitre (MG/Brasil) no pandeiro. 

O som do Trio combina a multiculturalidade e as diferentes influências dos músicos com outros rítmos e estilos como o Fado, Salsa, Maracatú, Frevo e Baião em arranjos dos melhores choros do repertório brasileiro e composições próprias e de amigos. O Trio Bola Preta lançou em 2014 o seu primeiro album, SAIDEIRA. Este álbum possui 10 composições próprias arranjadas para este projeto e vem sendo lançado em várias cidades Européias e Brasileiras.

SERVIÇO
Trio Bola Preta na Efêmera Casa de Artes
Data: 29 de abril de 2016 (Sexta)
Horário: 20h30
Local: Efêmera Casa de Artes - Rua Adamina, 125, Bairro Santa Tereza - Belo Horizonte

22 de abril de 2016

A FESTA CONTINUA...

CLUBE DO CHORO DE BH PROSSEGUE COMEMORANDO SEUS 10 ANOS DE FUNDAÇÃO.

Na noite de ontem, 21 de abril, o público lotou o "Pedacinhos do Céu", tradicional reduto do Choro, prestigiando mais um evento do calendário comemorativo dos 10 anos do Clube do Choro de BH. O grupo formado pelos músicos associados e convidados foi comandado pelo anfitrião Ausier Vinícius.

Público lotando o "Pedacinhos do Céu". para prestigiar mais um evento comemorativo dos 10 anos do Clube do Choro de BH.
Marcelo Batista e Clélia dos Santos comandando a festa.

A festa continua amanhã, 23 de abril, dia Nacional do Choro, com um grande evento aberto ao público, no Centro Cultural Padre Eustáquio. Uma grande roda de Choro com feira de petiscos e comidas típicas vai marcar esta data especial. As comemorações iniciam às 16 hs, com previsão de encerramento para as 21 horas. O evento tem entrada franca.
Confira aqui a agenda completa de eventos do 10 anos do Clube do Choro de BH.

Associados e muitos outros amantes do Choro pretigiando mais um evento comemorativo dos 10 anos do Clube do Choro de BH.


Grupo Choro de Minas lança seu primeiro DVD, gravado ao vivo.

Grupo Choro de Minas lança seu primeiro DVD, gravado ao vivo na próxima segunda, 25 de abril. O show de lançamento acontece às 20 horas, dentro do Projeto Prata da Casa do Conservatório UFMG.

A escassez de DVDs nesta linha do Choro dá ao DVD um caráter único e de grande relevância. O Grupo comemora 10 anos de estrada e é formado por 4 dos maiores "Chorões" do Estado. Marcos Flávio (Trombone) é Doutorando, Mestre e Bacharel em trombone pela UFMG. Professor na mesma instituição, exerce intensa atividade didática como professor de trombone e coordenador do Coral de Trombones e Tubas da UFMG. Seu mestrado foi sobre a história do Choro em Belo Horizonte. Tem três Cds solos gravados. Chorobone (2005), Trombones Geraes (2007) e Coletânea (2015). Dudu Braga é cavaquinista e produtor musical. Presidente do Clube do Choro de Betim já se apresentou no Montreaux Jazz Festival, Madrid Fusion, além de acompanhar artistas como Zé da Velha e Silvério Pontes, Wilson das Neves, Monarco, Nelson Sargento, dentre outros. Tem 2 Cds solo. Silvio Carlos (violão 7cordas) é fundador do grupo Flor de Abacate, do qual todos os integrantes também fazem parte. Desenvolve trabalho voltado para a pesquisa do choro e tem 3 Cds gravados. Ramon Braga (pandeiro) é um estudioso do emprego da percussão no Choro. Já acompanhou artistas como Vander Lee, Radegundis Feitosa, César Menotti e Fabiano, Marku Ribas, Célio Balona, dentre outros. Tem um Cd e um Dvd gravados.

O DVD foi gravado ao vivo, na Casa de Cultura Josephina Bento, em Betim/MG. 
Assita uma prévia: Choro de Minas interpretando Arrasta pé de Waldir Azevedo.


SERVIÇO
Projeto Prata da Casa apresenta: Lançamento DVD Choro de Minas gravado ao vivo
Data: 25 de abril (segunda-feira)
Horário: 20 horas
Local: Conservatório UFMG – Av. Afonso Pena, 1534 – Centro BH
Informações: (31) 3409-830

21 de abril de 2016

Clube do Choro de BH dá início às comemorações dos seus 10 anos com animado evento para sócios e convidados.

Roda de Choro : músicos associados revesaram no palco durante todo o evento.

Marcos Flávio Aguiar
A agenda de comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de BH foi aberta no último domingo, 17 de abril, com uma animada confraternização no Restaurante Feijoaria. No cardápio, a elogiada feijoada da casa e, no palco, a tradicional roda de Choro que ficou a cargo dos músicos associados e vários convidados. Entre eles, integrantes do Clube do Choro de Paris e da Casa do Choro de Toulouse.
Com um público de 140 pessoas, entre sócios do Clube e seus acompanhantes, convidados da Fundação Municipal de Cultura, delegação de músicos europeus e patrocinadores, a festa sinalizou o quanto animada será a temporada comemorativa que se extenderá até o mês de maio.

                 

                                                                                                                                          
Placas comemorativas : 10 Anos do Clube d Choro de BH
HOMENAGENS - Na ocasião, os sócios fundadores foram homeageados e os que estavam presentes, subiram ao palco para já receber uma placa comemorativa entregue pelo atual Presidente, Acir Antão. Este, por sua vez, a recebeu das mãos do também homenageado, Sr. Jonas Cruz que, atuando como presidente do Clube durante vários anos, muito contribuiu para a construção da história hoje comemorada. Corbeille de flores foram entregues às esposas dos fundadores ou a uma homenageada escolhida por eles.

Olivier Lob, Mª Inês Guimarães e Acir Antão

VISITANTES - O evento contou com a presença de uma delegação de nove músicos europeus capitaneados pela pianista mineira Maria Inês Guimarães, Presidente do Club du Choro de Paris e pelo Presidente da Casa de Choro de Toulouse, Olivier Lob. 
Os visitantes franceses e alemães participam do "Seminário Eurobrasileiro de Choro - Sessão Minas Gerais" que acontece de 16 a 30 de abril e tem vários músicos associados ao Clube do Choro de BH atuando como professores. Entre eles: os violonistas Lucas Telles, Sílvio Carlos e Carlos Walter e o tromponista, Marcos Flávio. Os visitantes puderam apreciar os pratos típicos da culinária brasileira servidos pelo restaurante, ouvindo a performance dos mestres chorões. Compartilhando o palco com os músicos brasileiros, executaram clássicos do Choro, revelando muito talento e apreço por este gênero que  atravessou oceanos para despertar grandes paixões musicais.


Cobertura Fotográfica: Nilson Cota

20 de abril de 2016

Clube do Choro de BH comemora seus 10 anos e o Dia Nacional do Choro com muita festa neste feriado.


Com dois eventos que prometem animar o feriado prolongado, as comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de BH continuam e incluem também a celebração do Dia Nacional do Choro.

Nesta quinta, 21 de abril, a partir das 20 horas o Clube do Choro de BH promove uma animada Roda de Choro no Bar "Pedacinhos do Céu" e convida seu anfitrião e cavaquinista, Ausier Vinícius que tocará ao lado dos músicos associados. O evento é aberto ao público.

No sábado, 23 de abril, Dia Nacional do Choro, a festa promete muita animação no com a tradicional roda de choro no Centro Cultural Padre Eustáquio. As comemorações iniciam às 16 hs, com previsão de encerramento para as 21 horas. O evento é aberto ao público, com entrada franca e espera repetir o sucesso alcançado no ano anterior. A programação contará com muita música a cargo dos músicos associados, além de barraquinhas com venda de petiscos, comidas típicas e bebidas.
                                                               

SERVIÇO:

Roda de Choro no Bar Pedacinhos do Céu
Data: 21 de abril 2016 (quinta)
Horário: 20 horas
Local: Bar Pedacinhos do Céu - Rua Belmiro Braga , 774 - Bairro Alto Caiçara 
Informações: (31) 3462-2260
Para este evento, os associados estarão isentos de pagamento do couvert artístico, que será custeado pelo Clube. 

Comemorações do Dia Nacional do Choro
Data: 23 de abril 2016 (sábado)
Horário: 16 horas
Local: Centro Cultural Padre Eustáquio - Rua Jacutinga, 821 - Bairro Padre Eustáquio
Informações: (31) 3277-8394
Evento aberto ao Público com entrada franca. Neste evento as despesas de consumo serão de responsabilidade individual.

19 de abril de 2016

Regional do Muringueiro na quarta com Chorinho.

Com clássicos do gênero e composições autorias dos seus componentes, o "Regional do Muringueiro" toca amanhã, a partir das 19 horas,  em sua tradicional roda de Choro que acontece sempre às quartas feiras. Programe-se e aproveite a véspera do feriado.

SERVIÇO
Roda de Choro com Regional do Muringueiro
Data: 20/04/2016 (quarta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - R. Juacema, 416 - Bairro da Graça - BH
Entrada: R$10,00

Esquina do Choro no Contemporâneo.

O projeto "Esquina do Choro" continua com o melhor repertório, na interpretação de grandes instrumentistas. E hoje tem mais, no palco do Restaurante Contemporâneo.
Os associados do Clube Marcos Flávio (trombone) e Silvio Carlos (violão de 7 cordas), além de Warley Henrique (cavaquinho) e Ricardo Acácio (pandeiro) tocam a partir das 19 horas.
Programe-se.

SERVIÇO:
Projeto Esquina do Choro
Data: 19 de abril 2016 (terça)
Horário: 19h00
Local: Contemporâneo Gastro Show
Av. Pasteur, 4. Bairro Santa Efigênia
Belo Horizonte/MG.
Couvert: R$15,00

18 de abril de 2016

Projeto "Dia de Feira" abre inscrições para bandas instrumentais.

Edital selecionará 26 artistas para se apresentarem nas feiras apoiadas pelo projeto.


Você gosta de feira? Possui ou conhece alguém que possua uma banda instrumental? Então este edital pode ser para você.

O Instituto Unimed-BH apresenta o primeiro edital de seleção de artistas e grupos de música instrumental para a programação oficial do projeto Dia de Feira. O edital ficará aberto para inscrições de 11 de abril a 06 de maio de 2016. A data prevista de divulgação dos resultados é dia 13 de maio de 2016.
Realizado pela Altiplano e viabilizado por meio da destinação de recursos incentivados de médicos cooperados e colaboradores da UNIMED-BH, o projeto Dia de Feira tem como objetivo promover as feiras de BH e região e valorizá-las como aspecto fundamental na vida social e cultural da cidade. Em 2016, primeiro ano do projeto, serão realizadas ações in loco em duas feiras queridas de BH: a Feira de Arte e Artesanato da Avenida Silva Lobo e a Feira Tom Jobim de Comidas e Bebidas Típicas. Os 26 artistas ou grupos musicais instrumentais selecionados neste edital se apresentarão nestas duas feiras. Um show por sábado a partir do dia 21 de maio.

DIFERENCIAIS DO EDITAL

-Quem pode se inscrever: Artistas ou bandas instrumentais de até quatro integrantes
-Cachê: de R$ 500,00 a R$ 3.000,00 - Na inscrição o artista\Banda informa qual o valor do seu cachê, dentro desses limites.
-Estratégia de divulgação: O plano de divulgação proposto pelo artista\banda será valorizado para a seleção.
-Participação especial: Propostas que incluam participações especiais também ganham pontos no edital (a participação não conta como integrante do grupo e pode ser de música cantada).
-Propostas inéditas ou lançamentos: Artistas\grupos que inscreverem propostas de pré-lançamento ou lançamento de novos trabalhos também serão valorizados.

Leia o edital completo e inscreva-se em: http://bit.ly/diadefeira-edital

16 de abril de 2016

COMEÇAM AMANHÃ AS COMEMORAÇÕES DOS 10 ANOS DO CLUBE DO CHORO DE BH.


Atenção associados e amantes do Choro. Amanhã começam as comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de BH, com mais uma tradicional Roda de Choro com Feijoada comandada pelos músicos associados do Clube e convidados. O evento tem inicio marcado para as 12 horas e acontecerá, como em outras ocasiões, no restaurante Feijoaria, localizado no bairro Dona Clara. 

Para a confraternização, os sócios com as mensalidade em dia terão a sua despesa e a de um acompanhante pagas pelo Clube, sendo que de outros convidados será cobrada a quantia de R$ 85,00 (oitenta e cinco reais) por pessoa, o que inclui além dos deliciosos tira-gostos, saladas, almoço, sobremesas, cerveja e refrigerantes. 
Para participar, os associados devem fazer reservas pelo telefone (31) 3422-4659.

15 de abril de 2016

"TÁ FALTANDO O MOZART, TÁ FALTANDO O WALDIR"

Gervásio Horta. Compositor 
O compositor mineiro Gervásio Horta, natural de Teófilo Otoni, belorizontino de coração, gosta de lembrar os amigos em suas músicas, como as que fez para Jackson do Pandeiro e Ataulfo Alves. É autor dos sucessos Manhãs de Belo Horizonte, Adeus Lagoinha, Rua da BahiaBela Belô, entre outros. 

No Mês dedicado ao Choro, Gervásio Horta celebra dois de nossos grandes chorões, com mais uma das suas dedicatórias. Homenageando Mozart Secundino de Oliveria e Waldir Silva, dois ícones do Choro mineiro, ele nos apresenta, em primeira mão, o samba-choro Mozart & Waldir.

Tá faltando um violão / Um cavaco pra gente ouvir/ Tá faltando o Mozart Tá faltando o Waldir/  E como fica o choro/ Com a falta deles dois/ Fica na flor do abacate/ Guardado para depois/ Fica no coração de quem sabe sentir/ Fica na eterna lembrança/ De Mozart e do Waldir.


Composição e voz: Gervásio Horta
Incidental: Noites Cariocas de Jacob do Bandolim
Partitura: Sílvio Carlos / Violão: 7 cordas e cavaco - Gustavo Monteiro/ Pandeiro - Ronaldo/ Violão 6 cordas - Arthur Pádua/ Flauta - Sérgio Danilo/ Gravação - Sérgio Danilo - (abril 2016)

MOZART SECUNDINO (21/2/1923-22/11/2015) , mineiro da cidade de Bandeirinha, simbolizou para o nosso ambiente musical o que se costuma chamar de unanimidade. Uma pessoa muito educada e de uma simplicidade única. Músico por natureza, autodidata, aprendeu a tocar violão de seis cordas praticamente sozinho. Tocava de ouvido, conhecia de memória um vasto repertório de choros e sambas, e atuava em vários grupos musicais. Atencioso com as pessoas, atendia aos que o procuravam com um sorriso suave e amigo, sendo respeitado e querido por admiradores de todas as idades. Virou um símbolo.
WALDIR SILVA (28/5/1931-1/9/2013) nascido em Bom Despacho - MG, marcou presença durante anos no rádio, televisão, shows e espetáculos pelo interior, e em discos - do vinil ao CDs -, alcançando o maior sucesso de vendagens em todo o Brasil com o seu "cavaquinho de ouro". Cavaquinista, compositor e arranjador do Conjunto Regional Waldir Silva, o instrumentista executava choros, sambas e boleros, desde o reconhecimento nacional do seu "Telegrama Musical", música dele com sinais musicais de radio-telegrafista.Waldir aprendeu a tocar aos 6 anos e nunca mais deixou de lado o seu inseparável cavaquinho.






Contribuiu: Hamilton Gangana, sócio do Clube do Choro de BH.

CHORO NO XICO CONTINUA SEMPRE ÀS SEXTAS


As rodas de Choro continuam acontecendo às sextas-feiras no Restaurante Xico Nunes Savassi. Com início marcado para as 19 horas e a presença de chorões de primeira grandeza, o projeto pretende comemorar, em grande estilo, este mês dedicado ao Choro. Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro no Xico Nunes Savassi
Data: 15 de abril
Horário: 19 horas
Local: Restaurante Xico Nunes Savassi
Endereço: Rua santa Rita Durão, 1066 - Savassi
Couvert: R$10,00
Informações: (31) 3261-2056

14 de abril de 2016

Com início no próximo domingo, agenda de comemorações dos 10 anos do Clube do Choro está cheia de ótimas atrações. Confira.

As comemorações de 10 anos do Clube do Choro de BH já estão programadas e incluem vários eventos neste mês, quando também se comemora o Dia Nacional do Choro, e outras atrações nos meses seguintes.


ABRIL
A agenda comeorativa começa no próximo domingo, 17 de abril, com mais uma tradicional Roda de Choro com Feijoada. O evento tem inicio marcado para as 12 horas e acontecerá, como em outras ocasiões, no restaurante Feijoaria, localizado no bairro Dona Clara. A roda de Choro será comandada pelos músicos associados do Clube e alguns convidados.
Para a confraternização, os sócios com as mensalidade em dia terão a sua despesa e a de um acompanhante pagas pelo Clube, sendo que de outros convidados será cobrada a quantia de R$ 85,00 (oitenta e cinco reais) por pessoa, o que inclui além dos deliciosos tira-gostos, saladas, almoço, sobremesas, cerveja e refrigerantes. 
Para participar, os associados devem fazer reservas pelo telefone (31) 3422-4659. 

Dando sequência, dia 21 de abril, a partir das 19 horas, o Clube promove outro evento no Pedacinhos do Céu, tradicional reduto do Choro em Minas Gerais, situado à Rua Belmiro Braga, 774, Bairro Caiçara. 
A roda de Choro composta pelos músicos associados será comandada pelo anfitrião, também sócio do Clube, o cavaquinista Ausier Vinícius. Para este evento, os associados estarão isentos de pagamento do couvert artístico, que será custeado pelo Clube. O evento é aberto ao público. Reservas e maiores informações podem ser obtidas através dos telefones (31)-34622260 ou 988996624.

No Dia Nacional do Choro, 23 de abril, também aniversário de Pixinguinha, a festa será a tradicional roda de choro no Centro Cultural Padre Eustáquio. As comemorações iniciam às 16 hs, com previsão de encerramento para as 21 horas. O evento com entrada franca será aberto ao público e contará com muita música a cargo dos músicos associados e  barraquinhas de alimentação e bebidas, onde as despesas de consumo serão de responsabilidade individual.

MAIO
As comemorações prosseguem em maio e, dia primeiro, data em que se celebra o dia do trabalho, o Clube em associação com a Secretaria do Trabalho do Município de Contagem, irá realizar a Roda de Choro em Homenagem ao Trabalhador. Serão duas apresentações, todas elas com os músicos associados ao Clube em horário e local que em breve divulgaremos.

Sábado, dia 7 de maio, véspera do dia das mães, a roda de Choro com asociados e convidados é na Feira Tom Jobim de alimentação, que fica ao lado do Colégio Arnaldo, na esquina das Avenidas Brasil e Carandaí. O evento acontece das 11 às 15 horas, com mesas e cadeiras para conforto do público.

Também em maio teremos o Lançamento do livro “Histórias do Choro" de autoria de Luiz Otávio Savassi Rocha, médico e professor emérito da UFMG e também associado ao Clube. A noite de autógrafos será dia 14, às 19 horas, no foyer do Palácio das Artes . Um exemplar da obra será um presente aos associados em dia com as mensalidades.

Com chave de ouro, no encerramento das comemorações, teremos no dia 14 de maio, às 20 horas, um supershow no Grande Teatro do Palácio das Artes, com os sócios do clube e artistas convidados. Entre eles, o bandolinista Hamilton de Holanda.
Também neste evento, o sócio em dia com as contribuições, terá direito a dois ingressos, custeados pelo Clube. Para o público em geral, o ingresso será vendido na bilheteria do PA.

Programe-se, pois a festa está só começando.

Presidente e Diretores do Clube do Choro de BH são recebidos em audiência pelo Secretário de Estado da Cultura, Ângelo Oswaldo.

  Amilton Costa Faria, O Secretário Angelo Oswaldo, Acir Antão e Paulo Ramos durante visita à sede da Secretaria Estadual de Cultura.

O Presidente do Clube do Choro de BH, Acir Antão e os Diretores Paulo Ramos (Cultural) e Amilton Costa de Faria (Comunicação) foram recebidos pelo atual Secretário de Estado de Cultura, Sr. Ângelo Oswaldo, em audiência concedida dia 1º de março, na sede da Secretaria de Cultura. 

Durante a reunião, o Presidente Acir Antão pode apresentar ao Secretário, os objetivos principais da atual Diretoria e também solicitar apoio e parceria da Secretaria de Cultura aos vários eventos programados para as comemorações do decênio do Clube e todos as demais metas contidas no plano de ação da nova gestão. Entendendo a importância das atividades desenvolvidas pelo Clube, o Secretário prontamente colocou a Secretaria à disposição, dentro das possibilidades atuais.

Na ocasião, o Secretário Ângelo Oswaldo também foi convidado para os eventos comemorativos dos dez anos do Clube do Choro de BH que tem início no próximo domingo, dia 17.
Todo o encontro foi registrado pelo Assessor Chefe de Comunicação da Secretaria do Estado de Cultura de MG, o jovem competente Rafael Rocha.

12 de abril de 2016

ENGOLE O CHORO EM DOIS SHOWS.

Grupo "Engole o Choro". Foto: Divulgação
O Grupo Engole o Choro formado pelos músicos Cacá Campos (Flauta), Leandro Oliveira (Violão) André Marques (Clarinete), Rafael Rafles (Cavaquinho), Fernando Ventureli (Pandeiro), Lucas Carvalhais (Violão 7 cordas), se apresentam em dois shows esta semana.
Na quarta feira, 13 o grupo se apresenta no Projeto Quarta Cultural no Conservatório UFMG. O show começa às 12h30 e tem entrada franca. Já na quinta, a partir das 21 horas, a roda é no Pedacinhos do Céu, o mais tradicional reduto do Choro em BH.

ENGOLE O CHORO
O grupo, busca difundir novas formas de interpretação e performances do choro, estilo musical genuinamente brasileiro. Com arranjos inéditos e releituras de obras do gênero, a banda também procura propagar obras de compositores contemporâneos, trazendo ao público tradição e inovação. A influência de grandes mestres como Alfredo da Rocha Viana (Pixinguinha) e Jacob Bittencurt (Jacob do Bandolim), misturada à influência de músicos contemporâneos, manifesta um compromisso da banda com a música brasileira e sua trajetória.

Trecho extraído do show "Pelas Ruas" gravado ao vivo no Conservatório da UFMG.
Música: Noites Cariocas Compositor: Jacob do Bandolim.

Para as apresentações, os músicos prepararam um repertório de primeira, que incluem as composições: Doce de Coco (Jacob Bandolim), Lamentos (Pixinguinha), Ingênuo (Pixinguinha), Bem Brasil (Altamiro Carrilho), Aeroporto Galeão (Altamiro Carrilho), André de Sapato Novo (André Victor Corrêa, )Noites Cariocas (Jacob do Bandolim) Pelas Ruas (Fernando Venturel), Cecília (Cacá Campos), Cochichando (Pixinguinha) e Tico Tico no Fubá (Zequinha de Abreu).

SERVIÇO:
Grupo Engole o Choro Choro no Projeto Quarta Cultural
Data: 13 de abril de 2016 (Quarta-feira)
Horário: 12h30
Local: Conservatório UFMG – Av. Afonso Pena, 1534 – Centro BH
Entrada franca.
Informações: 3409-830

Grupo Engole o Choro no Pedacinho do Céu
Data: 14 de abril (Quinta-feira)
Horário 21h00
Local: Pedacinod do Céu - Rua Belmiro Braga, 774, Alto Caiçara BH
Couvert: R$10,00
Informações: (31) 3462-2260 e (31) 8899-6624

11 de abril de 2016

Época de Ouro homenageia mestre Pinxiguinha no mês do Choro

O Conjunto faz programa ao vivo toda segunda, com transmissão via web.


No mês que se comemora o aniversário do mestre Pixinguinha e do choro, o Conjunto Época de Ouro toca grandes sucessos do gênero. Acompanhe hoje, e todas as segundas, às 17h ao vivo na web ( neste link ).

O programa pode também ser acompanhado na MEC AM Rio; todo sábado, às 12h04, na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, com reprise no domingo, às 9h, e na MEC FM às 21h de domingo.
Os ouvintes do Distrito Federal também podem acompanhar o Época de Ouro. O programa é transmitido pela Rádio Nacional FM Brasília, aos domingos, meio-dia.

Estão abertas as inscrições do "SESC Fomenta Cultura" que pretende incentivar a produção artística em diversas frentes.

Artistas que atuam em diferentes áreas poderão participar do Sesc Fomenta Cultura. A iniciativa vai receber inscrições para a execução de projetos culturais no decorrer de 2016 nas áreas de música, cinema, contação de histórias e artes visuais. Os interessados poderão se inscrever pela internet, na modalidade na qual possuírem compatibilidade (formulário aqui). O prazo para envio de material vai de 21/3/2016 a 21/4/2016.

Os trabalhos e os artistas que forem selecionados pela curadoria da entidade serão convidados a apresentarem-se nos em projetos relacionados às suas áreas de atuação. O Sesc promove, constantemente, diversas ações culturais e formativas em todo o território mineiro.

Destacamos abaixo os projetos musicais nos quais é possível inscrever trabalhos. Para maiores informações, acesse os links disponíveis em cada ação:

O Sesc Chorinho e Samba na Praça é um projeto musical itinerante, gratuito e aberto ao público. Contempla os gêneros musicais choro e samba com repertórios que contemplam tanto o gênero canção quanto o instrumental. O projeto também percorre todo o estado de Minas Gerais. Confira o descritivo completo da ação.
Clique aqui para fazer sua inscrição online.


A iniciativa difunde e preserva a tradição seresteira de Minas Gerais. Em 2015 o projeto completou 21 anos com mais de 600 edições ao longo da sua trajetória. Oferece acesso gratuito à cultura brasileira por meio de apresentações musicais noturnas e ao ar livre. Confira o descritivo completo da ação.
Clique aqui para fazer sua inscrição online.

Seguindo o exemplo bem-sucedido do Minas ao Luar, que ajudou a reforçar o estado como berço da seresta, o Sesc apostou na viola e na contação de causos populares. Com o objetivo de preservar, difundir e valorizar estas duas manifestações culturais tão expressivas, a instituição criou, em 2003, o Causos e Violas das Gerais. As apresentações são sempre gratuitas. Confira o descritivo completo da ação.
Clique aqui para fazer sua inscrição online.

9 de abril de 2016

CHORINHO BEM TEMPERADO


O Quarteto "Velha Guarda do Choro" formado pelos associados Zé Carlos (cavaquinho), Hélio Pereira (trompone e bandolim), Teco (violão) e Boechat (pandeiro) se apresenta neste domingo, garantindo o melhor do Chorinho para acompanhar uma deliciosa feijoada na "Feijoaria". 

SERVIÇO:
Projeto Choro na Feijoaria apresenta: Quarteto "Velha Guarda do Choro"
Data: 10 de abril 2016
Horário: Feijoada: a partir das 12h00. Show: 13h15 .
Valor: R$65,00 (O ingresso dá direito ao Show, buffet de feijoada e sobremesa. Bebidas são cobradas à parte).
Local: Feijoaria - Rua Desembargador Fernando Bhering, 244 - Dona Clara - BH.
Informações e reservas: (31) 2526-5253/ 99283-2206

8 de abril de 2016

Sábado com Choro de Varanda no Pedal e Prosa.

Amanhã tem grupo Choro de Varanda no Pedal e Prosa Café. A roda começa às 15 horas e promete uma tarde de muito chorinho bom com os músicos Daniel Rosa (7 cordas), Guizé Medeiros (Flauta), Marcos Ruffato (Bandolim), Rafael Pimenta (Cavaquinho) e Rubens (Pandeiro). Programe-se.

SERVIÇO:
Roda de Choro com Grupo "Choro de Varanda"
Data: 09 de abril 2016 (sábado)
Horário: 15h00
Local: Pedal e Prosa Café - Rua Padre Marinho, 321 – Santta Efigênia – Belo Horizonte/MG
Couvert: R$5,00
Informações: (031) 3081-8996 contato@pedaleprosacafe.com.br

7 de abril de 2016

Atenção jovens chorões: UNESCO abre chamada para financiamento de projetos culturais.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) recebe até 31 de maio inscrições de projetos para a Chamada 2016 do Fundo Internacional da Diversidade Cultural (FIDC).
As atividades elegíveis são produção de obras artísticas e culturais e organização de eventos culturais e artísticos de nível nacional, regional e/ou internacional, que contribuam para o fortalecimento da cultura e da criação artística.

Artistas, criadores, ONGs podem candidatar-se para receber recursos do Fundo Internacional de Diversidade Cultural. Foto: Agência Brasil.
Artistas, criadores, ONGs podem candidatar-se para receber recursos do Fundo Internacional de 
Diversidade Cultural. Foto: Agência Brasil.
Podem se inscrever artistas, criadores, organizações não governamentais, organismos privados sem fins lucrativos ou órgãos públicos. A prioridade será dada a artistas e criadores entre 18 e 30 anos.

A seleção final ocorrerá em fevereiro de 2017. Os candidatos escolhidos serão notificados até duas semanas antes da data de seleção.

Veja mais informações aqui.

6 de abril de 2016

Regional do Muringueiro em sua tradicional roda das quartas feiras.


Helio Pereira, Renato Muringa, Marcelo Issa , Rafael Zavagli, Daniel Nogueira e Flávio Fontenelle garantem o melhor do chorinho nesta quarta feira, na tradicional roda do Regional do Muringueiro.
O evento começa às 19 horas. Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro com Regional do Muringueiro
Data: 06/04/2016 (quarta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - R. Juacema, 416 - Bairro da Graça - BH
Entrada: R$10,00

4 de abril de 2016

Programa Jovem Músico BDMG abre inscrições para a temporada 2016.


Desde 2000, o programa Jovem Músico BDMG é palco para músicos mineiros ou residentes no estado apresentarem o seu potencial. Muitos participantes realizam pela primeira vez um recital, reforçando o caráter de apoio e incentivo da série à nova geração do cenário erudito no país. Realizado pelo BDMG Cultural, o programa está com inscrições abertas para a temporada 2016. Os interessados podem se inscrever gratuitamente de 29 de março a 29 de abril. 

Os músicos inscritos, solistas ou em formação de no máximo cinco integrantes, se apresentam para uma comissão julgadora, composta por maestros, músicos e professores. São selecionados até 28 participantes, que se dividem em seis recitais, de junho a novembro deste ano, na Sala Juvenal Dias, do Palácio das Artes. O programa de cada concerto é elaborado com o propósito de diversificar ao máximo, para que a plateia tenha contato com diferentes instrumentos em uma mesma noite, incentivando também a formação de público.

Além da estrutura do recital, o BDMG Cultural produz todo o material de divulgação, além de fotos e gravação dos recitais, que posteriormente podem ser utilizados pelos músicos participantes. Instrumentistas e cantores que residam em cidades distantes até 100 quilômetros de Belo Horizonte ou mais, recebem uma ajuda de custo para despesas de viagem.
Para maiores informações, regulamento e acesso à ficha de inscrição acesse : BDMG Cultural

Entre os já selecionados por programas do BDMG, que objetivam incentivar jovens talentos, está a pianista e associada ao Clube do Choro de BH, Luísa Mitre - na foto ao lado, com o professor, pianista e arranjador, Christiano Caldas, durante a edição  do programa "Jovem Instrumentista 2013" que enfatiza a música popular.

SÉRIE BH INSTRUMENTAL DIVULGA RESULTADO DO EDITAL 2016

Associados do Clube do Choro de BH figuram entre os selecionados.

Conjunto "Isto é Nosso", um dos selecionados 2016, em apresentação de edição anterior. Foto: Veredas Produções.

Acaba de ser divulgado o resultado do edital de seleção para apresentações de grupos locais na Série BH Instrumental 2016. O projeto busca difundir a música instrumental trazendo ao palco grandes instrumentistas, além de objetivar formar público e popularizar o acesso a espetáculos de qualidade. A comissão de seleção foi composta pelos músicos Célio Balona e Sérgio Santos, além de Igor Arci, analista de Comunicação e Cultura do Instituto Unimed-BH, e Rose Pidner, presidente da Veredas Produções, empresa responsável pelo evento.

Entre os selecionados desta edição figuram vários associados do Clube do Choro de BH , como Lucas Telles que fará um dos shows de abertura com o seu trio, na Praça Floriano Peixoto. Já no palco da Praça da Saúde estarão, entre os demais selecionados, os associados Carlos Walter e Sílvio Carlos com o duo "Treze Cordas", além do violonista Gustavo Monteiro que se apresentará com o Conjunto "Isto é Nosso" e também com o "Trio Caviúna ".

Confira abaixo o ranking do Resultado do Edital 2016:

Apresentações 2015 - Foto: Veredas Produções
SHOWS DE ABERTURA - (Praça Floriano Peixoto)
Celso Moreira Quarteto – Cenas Brasileiras
Lucas Telles Trio – Lucas Telles Trio
Senta a Pua Gafieira – Senta A Pua Gafieira
Alexandre Andrés – Alexandre Andrés Quarteto

GRUPOS DE CHORINHO – (Praça da Saúde)
Duo 13 Cordas – O Violão e o Choro
Marcela Nunes e Renato Muringa – Em Casa
Conjunto Isto é Nosso – Isto É Nosso
Trio Caviúna – Alma de Violões

Maiores informações e outros detalhes aqui

3 de abril de 2016

Domingo de Choro no Butiquim Vila Rica com o grupo "Sonoroso"


A roda de Choro de hoje acontece no Butiquim Vila Rica e será comandada pelo grupo ''Sonoroso'' formado pelos músicos Matheus Fernandes (violão 7 cordas), Bruno (flauta), Rafael Zavagli (Cavaquinho) e Rubens Costa (pandeiro). 
O evento começa a partir das 18 horas e o Butiquim Vila Rica, antigo bar do Bolão, fica localizado na Rua Vila Rica, 635 - bairro Padre Eustáquio.

SERVIÇO
Roda de Choro com Grupo "Sonoroso"
Data: 03 de abril 2016 (domingo)
Horário: 18h00
Local: Botequim Vila Rica (Antigo Bar do Bolão) - Rua Vila Rica 637 – Padre Eustáquio – Belo Horizonte/MG
Couvert artístico: R$10,00

2 de abril de 2016

CLUBE DO CHORO DE BH DÁ INÍCIO AO SEU ACERVO LITERÁRIO.

O presidente do Clube, Acir Antão e o associado Luiz Otávio Savassi na entrega do exemplar de "Chorando na Garoa - Memórias Musicais de São Paulo"

O Clube do Choro de BH, entre os vários projetos de sua nova diretoria, divulga a formação de uma incipiente biblioteca. Pretende-se que o acervo contenha obras que tratem sobre música em seus vários aspectos e gêneros, em especial o Choro e ainda que possa, no futuro, atender a pesquisas e interesses da população.
O Clube já recebeu, por intermédio do sócio Luiz Otávio Savassi Rocha, um exemplar do livro Chorando na Garoa - Memórias Musicais de São Paulo, enviado pelo autor, José de Almeida Amaral Júnior que nos acompanha pelo blog. Essa doação passou a se constituir no "volume um" do nosso acervo.

Igualmente atento às atividades do Clube, o compositor, instrumentista e arranjador Álvaro Walter, também acaba de contribuir. Chegou-nos, através das mãos de seu filho e associado Carlos Walter, cem exemplares do livro Composição instantânea. Apontamentos sobre improvisação escrito por Álvaro. Além da obra passar a fazer parte do acervo, o gesto possibilitou que todos associados recebessem um exemplar franqueado pelo autor, que o faz em celebração aos 10 anos do Clube do Choro de BH.


Leia mais sobre as obras citadas, na sessão Estante