30 de abril de 2016

"Segunda Musical" no Teatro da Assembléia apresenta recital em homenagem a Radamés Gnattali.


Radamés Gnattali, homenageado desta segunda.
O "Programa Segunda Musical" com entrada franca do Teatro da Assembléia apresenta nesta segunda, 2 de maio, às 20hs, um recital em homenagem aos 110 anos de nascimento do compositor Radamés Gnattali.
Mititza Franco e Souza, Maurício Veloso e o associado ao Clube do Choro de Belo Horizonte, Celso Faria se apresentarão executando  "Sonatina para Violão e Piano", "Sonatina para Flauta e Violão", "Sonata para Flauta e Piano" e ainda, de Tom Jobim, "Meu amigo Radamés", em arranjo para flauta, violão e piano de Hely Drummond.

Foto: Rodrigo Veloso
Militza Franco e Souza 
Iniciou seus estudos de flauta em Belo Horizonte, onde concluiu o Bacharelado em Música/Flauta na Escola de Música da UFMG. Ali foi premiada com o 1o. Lugar no 3o. Concurso de Música de Câmera da Escola de Música da UFMG, com o Quarteto de Flautas da UFMG, e como vencedora no Concurso para Solistas da Orquestra Sinfônica da EMUFMG, além de ter integrado o Conjunto de Música Antiga da UFMG. Como musicista de orquestra, atuou por diversas vezes como Flautista Convidada junto à Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Nos Estados Unidos esteve sob orientação da flautista Kate Lukas, da renomada Indiana University School of Music, Bloomington. De volta à Escola de Música da UFMG, atuou como professora de flauta doce e transversal no Curso de Extensão em Música e Coordenadora da Área de Sopros do Centro de Musicalização Infantil, além de ter concluído o Mestrado em Música/Flauta. Como flautista do Duo Instrumentalis, junto do pianista Maurício Veloso, gravou em 2012 um CD através de patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. Tem aparecido com frequência em concertos, além de dedicar-se ao ensino de Flauta e à promoção de recitais em seu estúdio – o Estúdio Instrumentalis.

Maurício Veloso
Foto: Rodrigo Veloso
Bacharel em Música/Piano pela Escola de Música da UFMG, Mestre em Piano pela Escola de Música da UFRJ, e Doutor em Música/Piano pela Indiana University School of Music (EUA), Maurício Veloso tem se apresentado frequentemente como solista e camerista em diversas séries e salas de concerto do Brasil e exterior. Trabalhou sob orientação dos pianistas Lucas Bretas, Maria Lígia Becker, Michel Block e Leonard Hokanson, entre outros. Em 1993 Maurício Veloso passou a integrar o corpo docente da Escola de Música da UFMG, em Belo Horizonte. Seu trabalho com a flautista Militza Franco e Souza resultou na gravação do CD “Duo Instrumentalis”, em 2012, além de ter gravado também para o CD “100 anos de Arthur Bosmans”, lançado pela Escola de Música da UFMG. Sobre Maurício Veloso, o renomado pianista Michel Block disse: “...é um pianista muito talentoso, musical, sensível e capaz. Eu o vi tocar várias vezes, tanto em concertos como em recitais aqui em Bloomington (EUA), e posso atestar sua excelência e valor. Ele é um sincero e verdadeiro artista.” Já Leonard Hokanson afirmou que “durante seu Doutorado, Maurício apresentou oito maravilhosos concertos com obras de envergadura de todos os períodos históricos, demonstrando habilidade técnica, profunda compreensão musical e refinada projeção de suas idéias musicais. Ele é um verdadeiro artista e refinado pianista, e merece ser ouvido.”

Foto: Foca Lisboa
Celso Faria
Nascido em Passos (MG) no ano de 1979, Celso Faria iniciou seus estudos musicais de maneira autodidata aos dez anos de idade. Em 1994 ingressou no “Curso de Formação Musical” da Escola de Música da UFMG, estudando na classe do professor José Lucena Vaz. Obteve o título de bacharel em violão na mesma instituição sob a orientação do professor Fernando Araújo. É especialista em Música Brasileira - Práticas Interpretativas - pela Universidade do Estado de Minas Gerais e Mestre em Performance Musical pela Universidade Federal de Minas Gerais. Celso Faria também foi aluno de Beto Davezac na Fundação de Educação Artística. Celso Faria obteve várias premiações, dentre elas: menção honrosa no “VII Concurso Nacional de Violão Souza Lima” (São Paulo, 1996), vencedor do “IX e XIV Concurso Jovens Solistas” da Escola de Música da UFMG (Belo Horizonte, 1998 e 2004), vencedor do “III e IV Concurso Jovem Músico BDMG” (Belo Horizonte, 2002 e 2003), vencedor do “Concurso Bianca Bianchi” (Curitiba, 2003), vencedor do “I Concurso Furnas Geração Musical” (Belo Horizonte, 2004) e semifinalista do “II Concurso de Violão Fred Schneiter” (Rio de Janeiro, 2005). Com um repertório que se estende desde o período renascentista até o século XXI, Celso Faria tem se apresentado nas mais importantes cidades brasileiras, seja como recitalista de violão solo, integrante em formações camerísticas ou ainda como solista orquestral. Gravou ao vivo o cd Romencero Gitano com o “Coro Madrigale” para selo independente e participou do cd “100 anos de Arthur Bosmans” pelo selo “Minas de Som”.

SERVIÇO
Recital: Homenagem à Radamés Gnattali com Mititza Franco e Souza (flauta), Maurício Veloso (piano) e Celso Faria (violão)
Data: 2 de maio 2016 (segunda-feira)
Horário: 20 horas
Local: Teatro da Assembléia Legislativa de MG - Rua Rodrigues Caldas, 30 - Santo Agostinho, BH
Entrada franca
Informações: (31) 2108-7827