26 de fevereiro de 2018

Túlio Araújo e o Choro Amoroso


Nesta terça, a partir das 18 horas, acontece mais um Choro Amoroso, uma produção do percussionista, produtor musical e engenheiro de áudio, Túlio Araújo.
Músico inquieto, Túlio que busca quebrar as barreiras das regras na música, resolveu juntar um grupo especial para este projeto que a cada semana reúne músicos de altíssimo calibre num encontro cheio de improvisações. Nesta edição do projeto se apresentam ao lado de Túlio Araújo (Pandeiro), os músicos Pablo Dias (Cavaquinho), Julian Tarragôn (Acordeon), Pablo Malta (Ukulelê Baixo/Bandolim), Bruno Teixeira (Flauta) e Tiago Ramos (Sax).
O Choro Amoroso acontece no alto do bairro Santa Lúcia, numa incrível casa projetada no início dos anos 1980 pelo arquiteto Éolo Maia, onde está a Do \ Ar, espaço ~ movimento, aberto ao fazer criativo, artes visuais, feiras e eventos culturais. Um lugar sempre pautado pela diversidade, economia local e o diálogo com o urbano.

Serviço
Tulio Araujo e o Choro Amoroso
Data: 27 fevereiro 2018 - (terça)
Abertura da Casa: 18 horas - Show 19h30
Local: Do \ Ar - Rua Amoroso Costa, 32 - Santa Lúcia (Paralela à Av. Raja Gabáglia, próximo ao Raja Grill)
Informações: (31) 2514-2446 ou (31) 99898-2459
Entrada: Não é cobrado entrada, nem couvert. Contribuição espontânea no "chapéu" com 100% da arrecadação destinada aos músicos.coordenado pelo percussionista Tulio Araújo. 

22 de fevereiro de 2018

Roda de Choro do Padreco em homenagem aos 100 anos de Jacob.


Celebrando os 100 anos de Jacob do Bandolim completados neste mês de fevereiro, a Roda de Choro do Padreco promove um encontro nesta sexta (23) para uma homenagem musical.
No repertório, composições deste grande instrumentista e compositor brasileiro estarão iluminando a festa que começa às 19 horas, no Lobo Guará Rock Bar.

SERVIÇO
Roda de Choro do Padreco em homenagem aos 100 anos de Jacob do Bandolim
Data: 23 de fevereio
Horário: 19 horas
Local Lobo Guará Rock Bar - Rua Padre Eustáquio, 1948 - Bairro Padre Eustáquio
Informações e reservas: 98766-4941 (sexta-feira até às 15h)

21 de fevereiro de 2018

VIVA MOZART SECUNDINO! Roda de Choro celebra a data de aniversário deste inesquecível Chorão.

Nesta quinta (22), todos os amigos e chorões desta cidade podem, mais uma vez, se reunir para comemorar a alegria de ter tido Mozart Secundino entre nós. O Murigueiro promoverá a festa com uma grande roda de Choro que pretende celebrar a data do aniversário deste grande violonista que estaria completando hoje, 95 anos. Ele nos deixou uma grande saudade, quando partiu em 2015 deixando a Simplicidade como um ensinamento para todas as gerações de chorões desta cidade. Viva Mozart!

SERVIÇO
Roda de Choro em homenagem aos 95 anos de Mozart Secundino
Data: 21 de fevereiro 2018 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416 - Bairro da Graça
Informações: (31) 99319-5525

16 de fevereiro de 2018

Pós Carnaval do Padreco fecha a semana com Choro e marchinhas.


Triste porque o Carnaval acabou? Fica não que a Roda do Padreco traz esta sexta (16), a partir das 19 horas, um pós-Carnaval para fechar a semana com muito choro, marchinhas e samba. 
A Roda do Padreco é formada por alunos da Escola de Música da UEMG que se reúnem em bares da região do bairro Padre Eustáquio para confraternizar e homenagear o Choro. Programe-se.

SERVIÇO
RODA DO PADRECO
Data: 16 de fevereiro (sexta)
Horário: 19 horas
Local: Taberna - Rua Ingaí, 651- Bairro Padre Eustáquio
Maiores informações: https://www.facebook.com/rodapadreco/

15 de fevereiro de 2018

Choro Nosso homenageia Jacob do Bandolim


Nesta quinta, o grupo Choro Nosso promove mais uma roda de Choro, trazendo uma homenagem a Jacob do Bandolim que completaria 100 anos nesta semana.
Programe-se. A roda começa às 19 horas, no O Muringueiro.

SERVIÇO
Roda de Choro com Choro Nosso
Data: 15/02 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - R. Juacema, 416 - Bairro da Graça - BH
Entrada: R$10,00
Reservas: 31 99319-5525

14 de fevereiro de 2018

Chorinho no quintal da Horta.


Nesta quinta (15), o chorinho em Santa Tereza acontece na "Horta no Potim", um quintal com pomar localizado na rua Mármore,70.
O quarteto da Roda de Choro é composto pelos músicos Raíssa Anastásia (flauta), multinstrumentista, vencedora dos prêmios Jovem Músico e Jovem Instrumentista do BDMG; Túlio Araújo (pandeiro), com três álbuns já lançados ("Manguêra" em 2012, "East" em 2014 e "Monduland" em 2017). Tulio já se apresentou em palcos renomados dos EUA, e coleciona prêmios importantes em sua carreira; Marcos Ruffato (bandolim), compositor mineiro e vencedor do Prêmio BDMG Instrumental 2016, tendo se apresentado em importantes palcos da cena instrumental brasileira e André Milagres (violão 7 cordas), integrante do premiado "Assanhado Quarteto" e com grande experiência e apresentações na Europa.
O objetivo é valorizar a economia local e resgatar a cultura boemia da região do Santa Tereza.
Além da música, o evento será regado de petiscos, frios, chopp artesanal, caipirinha e bebidas não alcoólicas.

SERVIÇO
Chorinho no quintal da Horta
Data: 15 Fevereiro - quinta
Horário: 19 horas
Local: Horta no Potim - Rua Mármore, 70 - Bairro Santa Tereza
Ingresso: R$6,00






100 MOTIVOS PARA CELEBRAR JACOB.

Eis, no dia dos 100 anos de Jacob, 100 músicas compostas pelo ás do bandolim.

Faz hoje 100 anos que nasceu Jacob Pick Bittencourt (Rio de Janeiro – RJ, 14 de fevereiro de 1918 / Rio de Janeiro – RJ, 13 de agosto de 1969), o compositor e músico carioca conhecido como Jacob do Bandolim. O toque extraordinário do bandolim de Jacob fez desse artista um dos músicos mais influentes da música popular produzida no Brasil ao longo do século XX.

Ao cristalizar um estilo brasileiro de tocar o bandolim, instrumento aprendido por ele de forma autodidata, Jacob se tornou um dos principais nomes do choro, gênero tão carioca quanto o artista. Contudo, se o músico foi magnânimo, o compositor também foi grande, tendo criado obras que ajudaram a perpetuar o legado do bandolim de Jacob em discografia solo iniciada em 1947 com o disco de 78 rotações por minuto que apresentou o choro Treme-treme.

Eis em ordem alfabética, no dia em que se comemora o centenário de nascimento desse gênio, ás do bandolim, 100 músicas compostas por Jacob que ganharam registros fonográficos entre 1938 e 2007:

1. A ginga do Mané (1962)
2. Adylia (2007 – lançamento póstumo em disco)
3. Alvorada (1955)
4. Ao som dos violões (1980 – lançamento póstumo em disco)
5. Assanhado (1961)
6. Baboseira (1979 – lançamento póstumo em disco)
7. Benzinho (1955)
8. Biruta (1952)
9. Bisbilhoteiro (2007 – lançamento póstumo em disco)
10. Boas vidas (1980 – lançamento póstumo em disco)
11. Bola preta (1954)
12. Bole bole (1951)
13. Bonicrates de muletas (1950, parceria com Biliano de Oliveira)
14. Buscapé (1956)
15. Cabuloso (1949)
16. Carícia (1956)
17. Chorinho na praia (1980 – lançamento póstumo em disco)
18. Choro de varanda (1950)
19. Chuva (1980 – lançamento póstumo em disco)
20. Ciumento (1955)
21. Cristal (1951)
22. De coração a coração (1970 – lançamento póstumo em disco)
23. De Limoeiro a Mossoró (1956)
24. Diabinho maluco (1956)
25. Doce de coco (1951)
26. Dolente (1949)
27. Encantamento (1950)
28. Entre mil...você! (1953)
29. Eu e você (1952)
30. Falta-me você (1962)
31. Feia (1948)
32. Feitiço (1954)
33. Foi numa festa (1968)
34. Forró de gala (1952)
35. Gostosinho (1952)
36. Heroica (1980 – lançamento póstumo em disco)
37. Horas vagas (1980 – lançamento póstumo em disco)
38. Implicante (1958)
39. Inocência (1968, parceria com Luis Bittencourt)
40. Isto é nosso (1957)
41. Já que não toco violão (2007 – lançamento póstumo em disco)
42. Jamais (1968, parceria com Luis Bittencourt)
43. La duchesse (1970 – lançamento póstumo em disco)
44. Lembranças (2007 – lançamento póstumo em disco)
45. Mágoas (1958)
46. Maroto (2007 – lançamento póstumo em disco)
47. Maxixe na tuba (2007 – lançamento póstumo em disco)
48. Meu lamento (1955, parceria com Ataulfo Alves)
49. Meu segredo (1955)
50. Mexidinha (1950)
51. Migalhas de amor (1952)
52. Mimosa (1955)
53. Nego frajola (1955)
54. No jardim (1992 – lançamento póstumo em disco)
55. Noites cariocas (1957)
56. Noites dos reis (1987 – lançamento póstumo em disco)
57. Nosso romance (1953)
58. Nostalgia (1951)
59. Novos tempos (2007 – lançamento póstumo em disco)
60. O siri está no pau (1993 – lançamento póstumo em disco)
61. O voo da mosca (1962)
62. Orgulhoso (1980 – lançamento póstumo em disco)
63. Pra eu ser feliz (2007 – lançamento póstumo em disco)
64. Pateck Cebola (1980 – lançamento póstumo em disco)
65. Pé-de-moleque (1950)
66. Pérolas (1967)
67. Por que sonhar? (1953)
68. Pra você (1970 – lançamento póstumo em disco)
69. Preciosa (2007 – lançamento póstumo em disco)
70. Primas e bordões (1974 – lançamento póstumo em disco)
71. Primavera (2007 – lançamento póstumo em disco)
72. Quebrando gelo (1980 – lançamento póstumo em disco)
73. Receita de samba (1967)
74. Remelexo (1948)
75. Reminiscências (1953)
76. Rua da Imperatriz (1954)
77. Sai do caminho (1953)
78. Saliente (1954)
79. Salões imperiais (1948)
80. Saltitante (2007 – lançamento póstumo em disco)
81. Santa morena (1954)
82. Sapeca (1953)
83. Sapeca Iaiá (2007 – lançamento póstumo em disco)
84. Saracoteando (1980 – lançamento póstumo em disco)
85. Saudade (1954)
86. Se alguém sofreu (1938)
87. Sempre teu (1955)
88. Sereno (2007 – lançamento póstumo em disco)
89. Simplicidade (1950)
90. Tatibitate (1953)
91. Ternura (1970 – lançamento póstumo em disco)
92. Toca pro pau (1954)
93. Treme-treme (1947)
94. Um bandolim na escola (1962)
95. Vale tudo (1951)
96. Vascaíno (1951)
97. Velhos amigos (2007 – lançamento póstumo em disco)
98. Velhos tempos (1959)
99. Vibrações (1967)
100. Vidinha boa (1954)



Grupo Toca de Tatu  com Nailor Azevedo "Profeta" interpretando A Ginga do Mané, composição de Jacob do Bandolim.

9 de fevereiro de 2018

Rancho Carnavalesco Memórias Cantando promove uma folia à moda antiga.


Formado em 2015, o Rancho Carnavalesco Memórias Cantando faz sua apresentação no Carnaval de Belo Horizonte no sábado (10).
Com um repertório de marchinhas e marchas-rancho de compositores consagrados da musica popular brasileira, o Memórias Cantando traz ao público uma folia à moda antiga.
Realizado nos últimos dois anos na rua Sapucaí, dessa vez o evento acontece no quintal da Casa Rosa do Bonfim em dois dias tendo, também, a roda de samba do Rancho na segunda (12).

Garanta seu ingresso antecipado pelo Sympla:https://www.sympla.com.br/marchinhas---memorias-cantando__240124

SERVIÇO
Rancho Carnavalesco Memórias Cantando 
Data: 10 de fevereiro ( sábado)
Horário: 16 horas (abertura da casa)
Local: Rua Botelhos, 90 , Bairro Bonfim - BH
Ingressos: R$20 (antecipado) R$25 (na portaria)

1 de fevereiro de 2018

Fevereiro começando com Chorinho...


O Choro Nosso, a roda tradicional do espaço O Muringueiro, abre o calendário de fevereiro com muito Chorinho no bairro da Graça. Nesta quinta, os anfitriões Marcela Nunes e Renatao Muringa recebem convidados que prometem já animar o seu pré carnaval. Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro cm Choro Nosso
Data: 01 de Fevereiro 2018 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416 - Bairro da Graça
Informações: (31) 99319-5525