23 de outubro de 2017

Clube do Choro de BH dá início ao "Circuito Mineiro do Choro" com shows gratuitos em três cidades do Estado.





O Clube do Choro de Belo Horizonte dá início a mais um projeto para divulgação daquele que é o mais autêntico gênero musical brasileiro. No próximo dia 29 de outubro acontece o primeiro show que compõe o "Circuito Mineiro do Choro", projeto aprovado através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura - Fundo Estadual de Cultura

O circuito realizará espetáculos de Choro em localidades mineiras, com diferentes grupos formados por músicos associados. A primeira cidade visitada será Itabira, no dia 29, com show às 17 horas, no Memorial Carlos Drummond de Andrade. A apresentação fará parte da programação da 16ª Semana Drummondiana - 1º Festival Drummond.

Já no mês de novembro, será a vez das cidades de Nova Lima e Betim receberem o espetáculo. 
Em Nova Lima, no dia 3 (sexta), às 20 horas na Praça Bernadino de Lima e no dia 4 (sábado) o show acontece na Casa de Cultura Josephina Bento, em Betim. Os shows tem entrada franca.

SERVIÇO
Fundo Estadual de Cultura e Clube do Choro de BH apresentam: "Circuito Mineiro do Choro"
Itabira-  29/10/2017 - 17 horas -  Memorial Carlos Drummond de Andrade
Nova Lima: 03/11/2107 - 20 horas - Praça Bernardino de Lima
Betim: 04/11/2017 - 19 horas - Casa de Cultura Josephina Bento
Espetáculos com entrada franca.

21 de outubro de 2017

"A SIMBIOSE DO CHORO COM O SAMBA" é o espetáculo do próximo Concertos da Primavera promovido pela OAP.

Acir Antão comanda o espetáculo: “A Simbiose do Choro com o Samba”
“A SIMBIOSE DO CHORO COM O SAMBA” é o título do espetáculo que Acir Antão e Clube do Choro de BH apresentam no próximo dia 27 de outubro, às 19h30, no teatro do Conservatório UFMG. Este show, com entrada gratuita, compõe o programação Concertos da Primavera promovido pela OAP UFMG, sob supervisão da professora e maestrina Marilene Gangana.

O SHOW
O jornalista e radialista Acir Antão completa neste ano de 2017 exatos 52 anos de atividades no rádio. Repórter, redator, programador musical, coordenador, chefe de jornalismo e apresentador. Quando das festividades comemorativas do centenário de Belo Horizonte, em 1997, foi levado a gravar um CD com músicas sobre a nossa cidade, o que o inspirou a fazer shows especiais de música popular brasileira.  
Acir é o atual presidente e um dos fundadores do Clube do Choro de Belo Horizonte (CCBH ), fundado em 31 de maio de 2006, por 23 amigos, entre eles instrumentistas, músicos,  intérpretes e admiradores da mais genuína música brasileira. 
Neste show, Acir preparou com seu grupo musical uma coleção de choros e sambas, mostrando a simbiose desses dois ritmos bem brasileiros. Neste espetáculo original, que promete ser inesquecível, o público terá a oportunidade de ouvir um samba choro ou samba de breque. Um samba canção, criado para combater o bolero na década de 40,  um choro mais lento. O samba batucada, o samba exaltação, o chamado samba médio ou o samba malandro.
O programa será composto pelas seguintes composições: Flor amorosa (Joaquim Antonio Callado), Já t digo (Pixinguinha), Pelo Telefone (Donga e Mauro de Almeida), Tico Tico no Fubá ( Zequinha de Abreu), Jura (Sinhô), Saxofone por que Choras (Ratinho), No Rancho Fundo (Ary Barroso e Lamartine Babo), Se você jurar (Isael Silva, Nilton Bastos e Francisco Alves) Feitio de Oração (Noel Rosa e Vadico, Conversa de Botequim (Noel Rosa e Vadico), Carinhoso (Pixinguinha e Braguinha), Da cor do pecado (Bororó)
A  banda será composta pelos instrumentistas: José Cícero Gonzaga  (acordeon), Hélio Pereira  (trombone), Geraldo Magela  (violão de sete cordas), Robson do Rosário  (cavaquinho). 
Milton de Assis  (percussão) e Fred  Lazarini  (pandeiro e voz)

OAP
A OAP (Organização dos Aposentados e Pensionistas da Universidade Federal de Minas Gerais) foi criada em 23 de agosto de 1996, para unir a classe de aposentados e pensionistas da UFMG. Os principais objetivos, que se mantêm até hoje, são a defesa jurídica dos direitos adquiridos de seus associados além de promover ações socioculturais e educativas para os mesmos e seus familiares. Hoje em dia, são mais de 2.300 sócios, que podem participar gratuitamente de eventos culturais, como concertos, saraus, oficinas, cursos, concursos e festas. A Organização oferece, pelo menos, três eventos todos os meses, com entrada franca para associados e familiares. 

SERVIÇO:
Concerto de Primavera 2017 OAP/UFMG: "A SIMBIOSE DO CHORO COM O SAMBA” com Acir Antão e Banda.
Data: 27 de outubro de 2017
Horário: 19h30
Local: Conservatório UFMG – Av. Afonso Pena, 1534 – Centro BH/MG
Entrada: A entrada é gratuita e aberta ao público em geral, mas é preciso reservar o lugar pelo telefone 3409-4505.
A apresentação faz parte da programação CONCERTOS DA PRIMAVERA, que tem supervisão da professora e maestrina Marilene Gangana.

20 de outubro de 2017

Clube do Choro de BH é uma das atrações do 1º Festival Drummond em Itabira.



De 28 a 31 de outubro, a cidade de Itabira se tornará a capital nacional da literatura, gastronomia, música, cultura e arte. Acontece, neste período, o 1º Festival Drummond quando nomes expressivos do cenário da literatura brasileira estarão reunidos em uma grande festa literária que contará ainda com shows musicais, espaço gourmet, teatros, oficinas, lançamentos de livros, bate-papo com autores e muito mais. Entre os destaques desta programação está o Clube do Choro de BH que se apresenta no domingo, dia 29, às 17 horas. Não percam.

SERVIÇO
1º FESTIVAL DRUMMOND apresenta: Clube do Choro de BH com Acir Antão
Data: 29 de outubro (domingo)
Horário: 17 horas
Local: Memorial Carlos Drummond de Andrade - Itabira - MG
Informações: www.festivaldrummond.com.br


17 de outubro de 2017

"Isto é Nosso" na Terça do Chorinho.


O conjunto Isto é Nosso promove hoje sua tradicional roda de choro no bairro São Bento. A música começa às 19 horas com o associado Gustavo Monteiro no violão de 7 cordas, Thiago Balbino no bandolim), Pedro Alvarezna flauta), Ártur Pádua no violão de 6 cordas, Daniel Nogueira no cavaquinho e Ronaldo Pereira no pandeiro) destacando o modo regional de tocar o choro e reforçando a renovação do gênero na capital.  Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro com o Conjunto "Isto é Nosso"
Datas: 17 de outubro (terça-feira)
Horário: 19 horas
Local: Do Chef Espetos São Bento
Endreço: Av. Cônsul Antônio Cadar, 122 - Lj 1 - São Bento -Belo Horizonte
Informações: (31)8496-1060

HOJE TEM CHORINHO DE PESO, NA MERCEARIA.




Nesta terça feira, 17 de outubro,  vai rolar um chorinho de peso e com sabor bem brasileiro em Santa Tereza. A roda de Choro na Mercearia Maria Flor acontece a partir das 19 horas e contará com a presença dos chorões Eduardo Macedo, Marcos Ruffato, Daniela Machado, Silvio Carlos e Alaécio Martins.
A Mercearia Maria Flor fica localizada à rua Dores do Indaiá, 114. O couvert artístico é voluntário, depositado no pandeiro. Não perca.

14 de outubro de 2017

Roda de Samba e Choro celebra o "Outubro Rosa".


Alaécio Martins e Juventino Dias convidam para mais um evento no Diginane Horranna Ateliê. Logo mais, a partir das 16 horas, tem Roda de Choro e Samba celebrando e apoiando o "Outubro Rosa", o mês de conscientização em combate ao Câncer de Mama.
E antes que você se pergunte: mas"com que roupa eu vou pro samba que você me convidou?", saiba que tem novidade no ateliê com peças da temporada Primavera/Verão, além de muita moda consciente. Programe-se e garanta seu ingresso.

SERVIÇO
Roda de Choro e Samba com Juventino Dias e Alaécio Martins
Data: 14 de outubro 2017 (sábado)
Horário: 16 horas
Local: Diginane Hiorranna Ateliê - Rua Leopoldina, 626 - Santo Antônio, Belo Horizonte
Couvert: R$10,00
Informações: (31) 99292-0340 contato@diginanehiorrannablog.com.br

10 de outubro de 2017

Choro em Roda recebe "Abre a Roda Mulheres no Choro", na Casa Kubitschek.


A Casa Kubitschek, um dos espaços culturais que compõem o Complexo da Pampulha, recebe todas as terças-feiras o Projeto Choro em Roda, promovido pelo cavaquinista Warley Henrique.
Hoje, as convidadas são as instrumentistas do "Abre a Roda Mulheres no Choro" que  prometem repetir o sucesso que vêm alcançando em todos os eventos.
O show acontece a partir das 19 horas. Programe-se e prepare-se para o melhor do chorinho. 

Sobre o local
Localizada as margens da lagoa e construída em 1943 para servir como casa de campo do então Prefeito, Juscelino Kubitschek, foi projetada por Oscar Niemeyer e possui paisagismo de Burle Marx. Hoje é um museu da Fundação Municipal de Cultura que apresenta o viver modernista e também é um espaço que conta sobre a história da região da Pampulha.

SERVIÇO
Choro em Roda apresenta: Abre a Roda Mulheres no Choro
Data: 10 de outubro 2017
Horário: 20 horas (início da apresentação)
Local: Casa Kubitschek - Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4188 - Pampulha - BH
Couvert Artístico: R$7,00
Informações: (31) 3277-1586

Hoje é dia de Chorinho com o Conjunto Isto é Nosso.


Hoje, a partir das 19 horas, o Conjunto Isto é Nosso promete muito chorinho no Do Chef Espetos São Bento. A roda de Choro, sempre com o melhor do gênero, traz o associado Gustavo Monteiro (violão de 7 cordas), Thiago Balbino (bandolim), Pedro Alvarez (flauta), Ártur Pádua (violão de 6 cordas), Daniel Nogueira (cavaquinho) e Ronaldo Pereira ( pandeiro). Seus integrantes destacam o modo regional de tocar o choro e reforçam a renovação do gênero na capital. Programe-se. 


SERVIÇO
Roda de Choro com o Conjunto "Isto é Nosso"
Datas: 10 de outubro (terça-feira)
Horário: 19 horas
Local: Do Chef Espetos São Bento
Endreço: Av. Cônsul Antônio Cadar, 122 - Lj 1 - São Bento -Belo Horizonte
Informações: (31)8496-1060

9 de outubro de 2017

Espetáculo do Clube do Choro de BH anima Galpão do Produtor em Patos de Minas.

No palco do Galpão do Produtor, o grupo de músicos associados ao Clube do Choro de BH.
A primeira fase do Projeto Itinerância do Clube do Choro de BH, realizado em parceria com o SESI MINAS, foi concluída com muito sucesso.  No palco do Galpão do Produtor Rural, em Patos de Minas, o espetáculo Breve Almanaque do Choro teve sua sexta apresentação na manhã do sábado, 12 de agosto, para um público estimado em 250 pessoas.

O público estimado em 250 pessoas acompanhou a apresentação com muita animação

Mais uma vez, a apresentação do Clube do Choro procurou levar momentos de valorização da cultura e propiciar ao público, a oportunidade de assistir, gratuitamente, a um ótimo espetáculo com a magia do Choro, a descontração das apresentações e a empolgação dos artistas.

Apresentando o roteiro do espetáculo, esteve  Acir Antão.
O show foi concebido para apresentar um repertório que contempla da fase primitiva do choro até os dias de hoje, passeando pelos grandes compositores, como Pixinguinha, Waldir Azevedo e Jacob do Bandolim, sem deixar de lado compositores mineiros e grandes nomes da MPB, cujas músicas são executadas em ritmo de choro. 


Nesta apresentação, o grupo de instrumentistas foi formado pelos associados Sílvio Carlos (violão de sete cordas), Marcos Flávio (trombone de vara), José Cícero (acordeon), Hélio Pereira (bandolim), Luiz Guilherme (cavaquinho centro) e Oszenclever Camargo (pandeiro). No comando da apresentação e do microfone esteve o presidente do Clube e radicalista, Acir Antão. A produção do espetáculo é de Paulo Ramos, diretor cultural do Clube do Choro de BH.


Projeto Itinerância "Breve Almanaque do Choro" - Uma parceria do Clube do Choro de BH e SESI Minas.

5 de outubro de 2017

Chorinho no "O Muringueiro" com Rubim, Silvio e Carmargo.


E hoje é dia de Roda de Choro no "O Muringueiro". Rubim do Bandolim, Silvio Carlos e Camargo se reúnem para oferecer o melhor do chorinho. A roda começa às 19 horas . Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro no Muringueiro
Data:05/10/2017 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416 - Bairro da Graça - Belo Horizonte
Informações: contato@muringa.com.br

Feijoada com Choro e Samba é o programa para este domingo.


Seu próximo domingo vai ser de chorinho, samba e feijoada. A Feijoaria preparou uma homenagem ao mestre Cartola com a banda Angenor.
A banda, de refinada qualidade musical, traz no repertório canções do inesquecível Mestre Cartola, músicas próprias e de outros bambas do samba e do chorinho.
A Feijoaria é especializada em feijoada, que é servida em buffet com todos os ingrediente separados. 
Programe-se e vá feijoar com os amigos ao som de música da melhor qualidade.

SERVIÇO:
Choro e Samba na Feijoaria com Banda Angenor
Data: 8 de outubro 2017 - domingo
Programação a partir das 12h00. 
Local: Feijoaria - Rua Desembargador Fernando Bhering, 244 - Dona Clara - BH.
Preço: 69,00  por  pessoa para servir à vontade no buffet
Informações e reservas: (31) 2526-5253 / 99283 2206

3 de outubro de 2017

CHORO NA MERCEARIA ESTREIA HOJE.


E hoje tem estreia da roda de Choro na Mercearia, um projeto que pretende animar ainda mais as noites de terça em Santa Tereza.  Daniela Machado no pandeiro, Du Macedo no cavaquinho, Marcos Ruffato no bandolim, Raissa Anastásia na flauta e Sílvio Carlos no Violão de Sete Cordas esperam por você  com um repertório de primeira e grandeza na interpretação. Programe-se .


SERVIÇO
Roda de Choro na Mercearia
Data: 3 de Outubro (terça)
Horário: 19 às 22 horas
Local: Mercearia Maria Flor - Rua Dores do Indaiá, 114 - Santa Tereza
Couvert: Contribuição espontânea
Informações: (31) 3484-4444

2 de outubro de 2017

Em Uberaba, espetáculo do Clube do Choro de BH é aplaudido de pé.

Músicos associados e membros da diretoria do Clube do Choro de BH, em Uberaba MG.
A quinta apresentação do espetáculo "Breve Almanaque do Choro", um projeto itinerante do Clube do Choro de BH em parceria com o SESI Minas, aconteceu na cidade de Uberaba- MG, no dia 11 de agosto. O programa imperdível para os admiradores desse gênero musical e para aqueles que desejam integrar esse feliz grupo de pessoas, levou aproximadamente 250 expectadores ao excelente Teatro SESI, localizado na Praça Frei Eugênio. 

Espetáculo Breve Almanaque do Choro em sua quinta apresentação por MG.
Contando com a participação especial do cavaquinista Fausto Reis, residente na cidade, o grupo de instrumentistas foi formado pelos associados Sílvio Carlos (violão de sete cordas), Marcos Flávio (trombone de vara), José Cícero (acordeon), Hélio Pereira (bandolim), Luiz Guilherme (cavaquinho centro) e Oszenclever Camargo (pandeiro).  
A noite contou também com a presença do prefeito Paulo Piau que recebeu uma homenagem por iniciativa do Presidente do Clube e mestre de cerimônia, Acir Antão.

 Prefeito Paulo Piau recebendo os cumprimentos de Acir Antão, Presidente do Clube 
O espetáculo
Na sua concepção, o espetáculo tem a intenção de apresentar, para os diversos públicos a quem se destina, um panorama do Choro no Brasil, resultando em um evento, ao mesmo tempo, de cunho didático e lúdico. Antecedendo a execução de cada bloco musical é anunciado o nome das músicas executadas, seus autores, época da composição, destaque do solista e outras informações interessantes. Dessa forma, a sua abrangência vai da fase primitiva do choro até os dias de hoje, passeando pelos grandes compositores, tais como Pixinguinha, Waldir Azevedo e Jacob do Bandolim, sem deixar de lado compositores mineiros e outros grandes nomes da música brasileira.

O projeto Itinerância continua por diversas cidades do Estado, levando o Chorinho e difundindo o mais legítimo gênero musical brasileiro .

Público aplaudiu de pé o espetáculo.

30 de setembro de 2017

"Abre a Roda Mulheres no Choro" abre também o mês de outubro com muita alegria.


O Projeto Abre a Roda Mulheres no Choro inicia o mês de outubro com muita alegria e mais uma edição que acontece neste domingo (1). E as mulheres abrem a roda para comemorar o 12º aniversário do Cantinho da Glau. A festa começa às 16 horas e tem cardápio musical e gastronômico muito especial. 
A entrada que custa R$60 dá direito a reserva da mesa para curtir o chorinho, 01 camisa do aniversário do Cantinho e uma deliciosa galinhada. Programe-se.

Serviço: 
Abre a Roda - Mulheres no Choro - Edição especial Aniversário da Glau
Local: Cantinho da Glau - Rua Stella de Souza, 596 - Sagrada Família
Dia: 01 de Outubro 2017
Horário: 16h
Reservas: 99977.1552

29 de setembro de 2017

Orquestra Já te digo apresenta o espetáculo "Pixinguinha para Crianças".

Orquestra Já te digo. Foto: Pedro Val
No domingo, 8 de dezembro, a Orquestra Já te digo traz um grande e sonoro presente para a garotada: o espetáculo "Pixinguinha para crianças" que acontece a partir das 17h30, na Praça Floriano Peixoto, no bairro Santa Efigênia.
A apresentação faz arte do Projeto Jazzinho – Jazz Para Crianças, criado como parte do Savassi Festival. O Jazzinho chega à sua segunda edição em 2017 trazendo apresentações musicais criadas especialmente para os pequenos. A programação conta com repertórios baseados em sucessos de grandes artistas, como Pixinguinha e Tom Jobim, clássicos do cinema e da cultural pop, além de ter elementos lúdicos e educativos. Entre os dias 8 e 15 de outubro, serão realizados dois shows gratuitos na praça Floriano Peixoto (Palco Instituto Unimed-BH) e outros quatro concertos no Centro Cultural Banco do Brasil – Belo Horizonte como parte do evento deste ano.

A Orquestra
Através de um trabalho inédito em Minas Gerais a Orquestra Já te digo busca reverberar as pesquisas de re-atualização do acervo musical brasileiro de forma autônoma e criativa. No repertório, muitos arranjos e composições do músico homenageado, com som de choros, polcas e maxixes, de frevo, marchas e sambas de antigos carnavais. Na formação estão: Agostinho Paolucci Neto ( violão de 7 cordas), Alaécio Geraldo Martins de Souza (bombardino), Aldo Cesar da Silva (tuba), Ana Luiza Braga Simão (percussão),André Luis Ferreira Marques (clarineta), Eduardo Macedo (cavaquinho), Natalia Mitre (bateria), Juventino Antonio Dias Neto (trompete), William Alves Lopes (trompete) e Marcelo Chiaretti (flautim).

SERVIÇO
Orquestra Já te digo apresenta: Pixinguinha para crianças
Data: 8 de dezembro
Horário: 17hq0
Local: Praça Marechal Floriano Peixoto - Santa Efigênia
Entrada: gratuita
Informações: www.jazzinho.com.br

25 de setembro de 2017

Clube do Choro de BH no palco da festa de encerramento da 3ª Feira Gastrocultural e Festa dos Ferroviários em Rio Doce.

 Cartaz oficial do encerramento da 3ª Feira Gastrocultural e Festa dos Ferroviários 2017
O Clube do Choro de BH continua divulgando o mais legítimo gênero musical brasileiro, através de shows por todo o estado de Minas Gerias. Na última sexta-feira, 22 de setembro, foi dia de subir no palco da festa de encerramento da 3ª Feira Gastrocultural e Festa dos Ferroviários 2017, no município de Rio Doce (MG). Neste ano, o evento homenageou o grande compositor e cantor Ataulfo Alves, destaque da Música Popular Brasileira nos anos 60.

A programação completa do evento incluiu exposições, sessão de cinema, curso de culinária, concurso de pratos “à la Ataulfo”, além de uma excelente programação musical.
No comando e apresentação do grupo musical formado pelos músicos associados esteve, mais uma vez, o presidente do Clube do Choro de BH e comunicador, Acir Antão. A produção artística foi do Diretor Cultural, Paulo Ramos.

22 de setembro de 2017

Grupo Irepó garante o bom chorinho no Silveira.


Neste sábado (23), o grupo Irepó formado por André Oliveira (violão 7 cordas), André Siqueira (flauta) e Matheus Ribeiro (piano e acordeom) traz o bom Chorinho no Spetim Churrasco & Cia, localizado no bairro Silveira. 
Boa música, cerveja, uma cozinha espetacular, ao lado de boas companhias são as promessas para este programa que começa às 19h30. Programe-se.

SERVIÇO
Chorinho com o Grupo Irepó 
Data: 23 de setembro (sábado)
Horário: 19h30
Local: Spetim Churrasco & Cia - Rua Ilacir Pereira Lima, 518- Bairro Silveira - BH
Couvert artístico: R$ 7,00
Informações: (31) 3482-1232


Conjunto Regional da Serra se apresenta no Chorinho do Odara.


Neste sábado, 23 de setembro, acontece mais um Chorinho no Odara, apresentando o Conjunto Regional da Serra. A partir das 16 horas, aquela que é considerada como a primeira música urbana tipicamente brasileira vai dar todo ar de sua graça. Talentosos artistas da cena belo horizontina, cerveja gelada, comidinhas e um astral super elevado é o que promete os organizadores.

SERVIÇO
Chorinho no Odara com Conjunto Regional da Serra
Data: 23 de setembro (sábado)
Horário: 16 horas
Local: Odara - Rua Arthur de Sá, 380 - Bairro União - BH 
Couvert artístico: R$7,00
Informações: (31) 3482-6152 odara.co@gmail.com

21 de setembro de 2017

Grupo Choro de Minas é um dos destaques do Festival Igarapé Bem Temperado.


Neste sábado (22), o grupo Choro de Minas será um dos destaques do Festival Igarapé Bem Temperado. O evento está em sua 13ª edição e acontece de 21 a 24 de Setembro, no Quintal do Espaço Batista.

O grupo é formado pelos instrumentistas Dudu Braga (cavaquinista), Marcos Flávio (trombonista), Silvio Carlos (violonista) e Ramon Braga (pandeirista) que recebem como convidado especial Juninho Braga.

Confira todos os detalhes da programação e divirta-se.

Choro Nosso na roda com o melhor do chorinho.


Hoje é dia de roda de Choro com o grupo "Choro Nosso".  Logo mais, a partir das 19 horas, Marcela Nunes na flauta, Renato Muringa no bandolim, Sílvio Carlos ao violão e Daniel Guedes no pandeiro garantem o melhor do chorinho para esta quinta. Programe-se.



SERVIÇO
Roda de Choro com "Choro Nosso" no O Muringueiro. 
Data: 21 de setembro 2017 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416 - Bairro da Graça - Belo Horizonte
Informações e reservas:(31)99319-5525 ou contato@muringa.com.br

19 de setembro de 2017

“Regional Tangará e os Princípios do Choro” é o espetáculo com entrada gratuita da próxima Quarta Doze e Trinta .


Na próxima quarta-feira, 20 de setembro, o grupo Regional Tangará apresentará o espetáculo “Regional Tangará e os Princípios do Choro”, integrando a programação semanal do Quarta Doze e Trinta. O show será realizado no picadeiro da Praça de Serviços da UFMG, e é gratuito e aberto para a comunidade externa.
O espetáculo “Regional Tangará e os Princípios do Choro” é uma viagem sonora, uma saga afetivo-musical que atravessa produções de compositores que contribuíram não só com as raízes do choro e suas derivações rítmicas como também na própria criação e consolidação da música dentro da rica diversidade que marca a cultura brasileira. 
O Regional Tangará pesquisa e executa gêneros musicais diversificados em arranjos originais para flauta, fagote e regional de choro. A mistura de sons dos diferentes instrumentos resulta em exploram caminhos ainda pouco usuais no mundo da música popular, ressaltando a riqueza de cada período e gênero executado nas raízes da formação do gosto musical brasileiro atual. 


SERVIÇO
Regional Tangará e os Princípios do Choro - Quarta Doze e Trinta
Data: 20/09/2017
Horário: 12h30
Local: Praça de Serviços da UFMG - campus Pampulha
Entrada Franca
Saiba mais informações sobre o evento em: https://goo.gl/NKDUVK

18 de setembro de 2017

Espetáculo em turnê do Clube do Choro de BH chega a Ituiutaba, no pontal do Triângulo Mineiro.


O Projeto Itinerância do Clube do Choro de BH, que tem levado o espetáculo "Breve Almanaque do Choro" a várias regiões do estado, chegou à cidade de Ituiutaba, no pontal do Triângulo Mineiro.
A quarta apresentação da turnê, que conta com a parceria do SESI Minas, aconteceu no dia 10 de agosto, no Conservatório Estadual de Música Dr. José Zóccoli de Andrade. 


O espetáculo apresenta um repertório que vai da fase primitiva do choro até os dias de hoje e foi concebido com a premissa de apresentar um show musical de caráter lúdico e didático, contando e musicando a história deste que é considerado o mais autêntico gênero musical brasileiro. 
Para a apresentação do texto do espetáculo esteve no comando do microfone o Presidente do Clube e comunicador, Acir Antão. No palco, o grupo de instrumentistas foi formado por Sílvio Carlos (violão sete cordas), Marcos Flávio (trombone de vara), José Cícero (acordeon), Hélio Pereira (bandolim), Luiz Guilherme (cavaquinho centro) e Oszenclever Camargo (pandeiro).

O auditório do Conservatório foi ocupado em sua capacidade máxima. Além do espaço regular, foi necessário instalar cadeiras extras e acolher parte do público que permaneceu em pé, totalizando mais de 300 pessoas.

Com apoio e divulgação da mídia, o espetáculo teve transmissão ao vivo pela repetidora local da Rede Globo, durante o telejornal MG TV.


Projeto Itinerância "Breve Almanaque do Choro" - Uma parceria do Clube do Choro de BH e SESI Minas.

14 de setembro de 2017

Fernando Sodré e grupo Choro Nosso tocam juntos nesta quinta.


Nesta quinta, às 19 horas, o instrumentista Fernando Sodré é o convidado especial na tradicional roda de Choro do espaço gastronômico e cultural, O Muringueiro.
Sodré tem seu trabalho registrado em três álbuns onde apresenta toda sua competência e sensibilidade na interpretação da Viola Brasileira e já tocou com músicos como Hamilton de Holanda, Toninho Horta, Almir Sater, entre outros. 
Na apresentação de hoje, ele estará ao lado dos músicos Marcela Nunes (flauta transversal), Renato Muringa (violão, cavaquinho e bandolim), Agostinho Paolucci (violão) e Daniel Guedes (percussão) que compõem o grupo Choro Nosso.

Serviço:
Roda de Choro no O Muringueiro: "Choro Nosso convida Fernando Sodré"
Data: 14 de setembo 2017 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416 - Bairro da Graça - Belo Horizonte
Informações e reservas:(31)99319-5525 ou contato@muringa.com.br

12 de setembro de 2017

Abre a Roda Mulheres no Choro em nova edição.

O "Abre a Roda Mulheres no Choro" terá mais uma edição que acontece na próxima sexta-feira, 15 de setembro, com uma roda sempre aberta a todos que quiserem entrar e tocar .
Buscando valorizar, reconhecer e incentivar a participação de mulheres nas rodas de choro, este projeto lança o olhar para as instrumentistas da capital mineira e lança um convida para a experimentação do ritmo.

O evento acontece no Dalva Botequim Musical (R. Ceará, 1568 - Funcionários) das 19 às 22 horas. Couvert: R$8,00.



11 de setembro de 2017

Espetáculo do Clube do Choro de BH foi destaque na programação cultural do CITIES, em Uberlândia.

Músicos associados no palco  do Espaço Ciranda, em Uberlândia.
O Projeto Itinerância do Clube do Choro de Belo Horizonte, em parceria com o SESI Minas, tem alcançado diferentes regiões do Estado, levando a autêntica música brasileira através do espetáculo "Breve Almanaque do Choro". A cidade de Uberlândia, localizada no Triângulo Mineiro, foi visitada no dia 9 de agosto, com apresentação no palco do Espaço Ciranda (bairro Granja Marileusa) e fez parte da programação cultural do CITIES - Congresso Internacional de Tecnologia, Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade.

O CITIES - aconteceu em Uberlândia durante os dias 9 e 10 de agosto.

A apresentação teve início às 19h30 e o "Breve Almanaque do Choro" apresentou um panorama lúdico e didático do choro no Brasil. Antes de cada bloco musical, o nome das músicas executadas são anunciadas, assim como seus autores, época da composição, destaque do solista e outras informações e curiosidades consideradas importantes para a ampliação do conhecimento quanto a este autêntico gênero musical brasileiro. O repertório contempla composições da fase primitiva do choro até os dias de hoje, apresentando obras dos grandes compositores, como Pixinguinha, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim e muitos outros.

No palco do espaço Ciranda, o espetáculo Breve Almanaque do Choro foi apresentado com sucesso.

Neste palco, o grupo de músicos associados e convidados, comandado mais uma vez pelo Presidente do Clube e comunicador Acir Antão, foi composto por Sílvio Carlos (violão 7 cordas), Marcos Flávio (trombone de vara), José Cícero (acordeom), Hélio Pereira (bandolim), Luiz Guilherme  (cavaquinho centro) e Oszenclever Camargo (pandeiro). No encerramento do espetáculo, também se apresentou como  convidado,  o instrumentista local, De Paula.
O show teve acesso gratuito e contou com a presença de um público estimado em 500 pessoas.


Projeto Itinerância "Breve Almanaque do Choro" - Uma parceria do Clube do Choro de BH e SESI Minas.

8 de setembro de 2017

NA COMEMORAÇÃO DE 5 ANOS DO GRUPO, ASSANHADO QUARTETO LEVA SEU CHORO CONTEMPORÂNEO PARA A AUSTRÁLIA.

Repertório é do álbum de estreia,“Feira”, que traz um choro com muita personalidade, inovação e brasilidade. 


O grupo de música instrumental brasileira Assanhado Quarteto, de Belo Horizonte, comemora seus cinco anos de existência com apresentações de lançamento do show "Feira", masterclasses e workshops na Austrália, entre os dias 17 e 27 de setembro. As atividades acontecerão em diferentes localidades, nas cidades de Melbourne e Sydney. No repertório, obras do primeiro disco, homônimo, compostas pelos integrantes do quarteto e de colegas compositores da cidade de Belo Horizonte.

Em apresentações vibrantes e calorosas, o grupo oferece suas cores e temperos regados de brasilidade. Elas acontecerão no Ritmo Brazilian Day – maior festival de música brasileira em solo australiano –, na Australian Percussion Academy (APA), e nas casas de show Open Studio, The Basement e Bondi Rumba. 

Os workshops acontecerão na própria APA e na Universidade de Melbourne, mais importante e renomada instituição de ensino do país. Além destas atividades, o grupo conduzirá também uma masterclass na Universidade Monash, uma das maiores universidades australianas.

Formado por André Milagres, Lucas Ladeia, Rodrigo Heringer e Rodrigo Magalhães, o grupo surgiu a partir de uma proposta coletiva de execução do repertório de choro com uma formação pouco convencional, utilizando instrumentos como o baixo-acústico, a bateria, a guitarra e o vibrafone, somados aos tradicionais violão de sete cordas e cavaquinho. A partir da criação do Assanhado Quarteto, em 2011, seus integrantes passaram a arranjar e compor peças que combinassem com a instrumentação proposta, valendo-se de uma concepção estética singular dentre os que lidam com o gênero no Brasil. Desde então, vem se apresentando constantemente nos principais palcos e festivais de Belo Horizonte e no interior de Minas Gerais. Também realizou diversas apresentações no Rio de Janeiro e em 2016 realizou a primeira turnê internacional, se apresentando em Portugal nas cidades de Porto, Lisboa, Almada e Cascais, e na França, em Paris.

Músicas que integram “Feira”, show que o grupo levará à Austrália: Tilho no choro, Atreva-se, Ao Mestre, Bambolê, Maíra, Cocada Preta, Do Avarandado, Dia Bom, Trevithick Way, e Gitana 220.

Assanhados premiados

Os integrantes do Assanhado Quarteto foram premiados em diversos concursos direcionados à música instrumental no Brasil, a exemplo do BDMG Instrumental, BH Instrumental Unimed, Novos Talentos/MPB Instrumental BNDES, Novos Talentos do Jazz – Savassi Festival, Jovem Músico BDMG, Jovem Instrumentista BDMG e Festival Choro Novo.


7 de setembro de 2017

Juventino Dias e Alaécio Martins prometem muita alegria em mais uma roda de Choro e Samba.



Os músicos Juventino Dias e Alaécio Martins prometem muita alegria em mais uma roda de Choro e Samba que acontece no próximo sábado, 9 de setembro, a partir das 16 horas, no Giginane Hiorranna Ateliê. Programe-se.

SERVIÇO
Roda de Choro e Samba com Juventino Dias e Alaécio Martins
Data: 9 de setembro 2017 (sábado)
Horário: 16 horas
Local: Diginane Hiorranna Ateliê - Rua Leopoldina, 626 - Santo Antônio, Belo Horizonte
Couvert: R$10,00
Informações: (31) 99292-0340 contato@diginanehiorrannablog.com.br

4 de setembro de 2017

Clube do Choro de BH se apresenta em Tiradentes, com projeto itinerante realizado em parceria com o SESI Minas.

Clube do Choro de BH em apresentação no Centro Cultural Yves Alves - Diamantina

O Clube do Choro de BH, dando continuidade às apresentações do espetáculo "Breve Almanaque do Choro", projeto itinerante realizado em parceria com o SESI Minas, se apresentou na histórica cidade de Tiradentes - MG. O show realizado na noite do dia 10 de junho, nos jardins do Centro Cultural Ives Alves, foi parte integrante do evento "Conexão Empresarial".


Esta foi a segunda de uma série de apresentações que o Clube do Choro promoveu em diferentes cidades do Estado de Minas Gerais, cumprindo sua missão como entidade totalmente voltada para o incentivo e divulgação da música, em especial o gênero Choro, tão apreciado por diferentes gerações de músicos e de público. 
Neste evento, o grupo de músicos associados se formou com Sílvio Carlos (Violão 7 cordas), Marcos Flávio (trombone de vara), José Cícero (acordeon), Hélio Pereira (bandolim), Luiz Guilherme (cavaquinho centro), Oszenclever Camargo (pandeiro) sob o comando do mestre de cerimônias e presidente do Clube, Acir Antão.


O plateia presente, estimada em mais de 250 pessoas, ocupou toda a área disponível, aplaudindo calorosamente mais esta bela apresentação do Clube do Choro de Belo Horizonte.

No comando da apresentação, o Presidente do Clube do Choro de BH e radialista Acir Antão.

Projeto Itinerância "Breve Almanaque do Choro" - Uma parceria Clube do Choro de BH e SESI Minas.

1 de setembro de 2017

SAUDADES DO WALDIR, EM LETRA E MÚSICA.

Hoje completam 4 anos que nos despedimos no nosso inesquecível "Cavaquinho de Ouro", Waldir Silva - compositor, musicista e sócio fundador do Clube do Choro de Belo Horizonte. 
Ele que partiu aos 82 anos, em uma manhã de domingo, deixou um magnífico histórico musical e também de colaborações com os colegas e à diretoria do Clube com sua grande experiência de músico e instrumentista. Celebrando nossa velha amizade, declaramos nossa contínua saudade.


O programa Roda de Choro produzido e apresentado por Ruy Godinho, com transmissão aos sábados pela Rádio Câmara, apresentou o programa especial "Waldir Silva em letra e música",
especialmente dedicado à divulgação do CD homônimo lançado em 2016, com composições musicais de Waldir Silva e letras do jornalista Raphael Vidigal e André Figueiredo.

Trazemos hoje, o programa especial, para relembrar e aplaudir, mais uma vez, nosso querido Waldir.



31 de agosto de 2017

Chorinho em alto estilo acontece logo mais no O Muringueiro.

Hoje é dia de Choro no "O Muringueiro" - Música e Gastronomia. 
Se apresentam nesta quinta, levando o chorinho em alto estilo, os instrumentistas associados: Silvio Carlos (violão sete cordas), Camargo (pandeiro) e o bandolinista Marcos Frederico.
A roda começa às 19 horas e promete música e petiscos de alta qualidade.  Programe-se

Serviço:
Roda de Choro no O Muringueiro
Data: 31 de agosto 2017 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: O Muringueiro - Rua Juacema, 416 - Bairro da Graça - Belo Horizonte
Informações e reservas:(31)99319-5525 ou contato@muringa.com.br

30 de agosto de 2017

"Conjunto Atlântico - Uma história de amor ao Choro"

Nova obra de José de Almeida Amaral Júnior chega trazendo a história do grupo que foi reverenciado por Jacob do Bandolim.



"Conjunto Atlântico - Uma história de amor ao Choro" é a nova obra do professor José de Almeida Amaral Júnior. O livro conta a história do grupo que foi reverenciado por Jacob do Bandolim, visitado pelos grandes nomes do gênero anos a fio, foi destaque da televisão na década de 1970, premiado no Festival Nacional do Choro de 1978 e teve marcante atuação para a criação do original Clube do Choro paulistano em 1976/77, embora sempre se considerasse amador. 

As páginas da nova obra de Amaral Junior (também autor de “Chorando na Garoa – Memórias Musicais de São Paulo”, primeiro livro geral sobre o choro na Pauliceia) registram os muitos causos de Antonio D'Auria e sua turma nas lendárias reuniões no bairro do Bom Retiro, numa espremida sala de 3 x 4, consideradas um marco da resistência do gênero em período de difícil difusão.
"Conjunto Atlântico - Uma história de amor ao Choro" inclui o prefácio do violonista, arranjador e professor Edmilson Capelupi e se apresenta como uma obra indispensável para quem aprecia a autêntica música brasileira.

"Conjunto Atlântico - Uma história de amor ao Choro" 
Autor: José de Almeida Amaral Júnior
Editora Independente Paulistinha, 283 p.
Para adquirir a obra: acesse em todo o BRASIL via Free Note em
http://freenote.com.br/produto.asp?shw_ukey=42915213943I46MQJK  ou com o autor pelo e-mail:   chorandonagaroa@gmail.com

28 de agosto de 2017

Clube do Choro de Belo Horizonte e SESI Minas levam o espetáculo "Breve Almanaque do Choro" a diferentes regiões de Minas Gerais.

Clube do Choro de BH e SESI Minas levam o Choro ao Estado de Minas Gerais. 
Ao completar 11 anos de fundação, no mês de maio deste ano, o Clube do Choro de Belo Horizonte iniciou um grande projeto em parceria com o SESI Minas, para celebrar e levar o Choro a diferentes palcos e localizações do nosso Estado. Até agora, já foram realizadas 6 apresentações do espetáculo "Breve Almanaque do Choro", concebido para disponibilizar, de forma inteiramente gratuita, um verdadeiro valor da cultura nacional que sobrevive a mais de 150 anos: o gênero musical CHORO.

Na sacada do Museu de Artes e Ofício, o Clube do Choro de BH iniciou o projeto itinerância.
Ao lado do SESI/MINAS que tem, entre outros inúmeros objetivos, o de disseminar cultura entre seus associados e às populações das diversas regiões do estado, o Clube do Choro de BH já levou o “Breve Almanaque do Choro”, além da capital, às cidades de Tiradentes, Uberlândia, Ituiutaba, Uberaba e Patos de Minas.  Estruturado em cinco blocos, o espetáculo apresenta além das informações sobre as autorias de cada obra, muitas outras curiosidades sobre as músicas e os compositores, compondo um conteúdo digno de um almanaque.
Na Praça da Estação centenas de pessoas assistiram ao espetáculo.
A primeira apresentação em 20 de maio, foi parte integrante das comemorações da Semana da Indústria de 2017. Da sacada do Museu de Artes e Ofício, na Praça da Estação, em BH, o espetáculo levou ao local um público aproximado de 500 expectadores.
O grupo de choro do clube se apresentou com os seguintes instrumentistas: Sílvio Carlos (violão sete cordas), Marcos Flávio e Marcelo Ribeiro (trombones de vara), Dudu Braga (cavaquinho solo), Luiz Guilherme (cavaquinho centro), Carlos Walter (violão seis cordas) e Ricardo Acácio (Pandeiro).

Projeto Itinerância "Breve Almanaque do Choro" - Uma parceria Clube do Choro de BH e SESI Minas.