11 de setembro de 2013

“PIOLHO DE COBRA – COMEMORA 10 ANOS” NO PROJETO PIZINDIN CHORO NO PALCO.

Piolho de Cobra . Foto: Carlos França
O Grupo Piolho de Cobra está completando dez anos de existência e inclui em suas comemorações, o show que apresentará na próxima segunda, 16 de setembro, às 20hs, no Projeto Pizindin - Choro no Palco (Conservatório UFMG).
O Grupo teve início em 2003 com a reunião de alguns alunos da Fundação de Educação Artística, e hoje é composto por: Evandro Archanjo (flauta, flautim e clarineta), Tião do Bandolim (bandolim), Rafael Zavagli (cavaco), Rubens Costa (pandeiro), Mozart Secundino (violão de 6 cordas) e Gustavo Monteiro (violão de 7 cordas). O Piolho de Cobra tem como referência ‘os cobras’ do Choro (o que deu origem ao seu nome) e traz em seu repertório, clássicos de Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, Valdir Azevedo, Abel Ferreira, Maurício Carrilho, Luciana Rabello, entre outros.

Evandro Archanjo: Evandro é natural de Diamantina onde é professor docente do Conservatório Estadual de Música Lobo de Mesquita. Flautista, formado pela UFMG, Evandro foi vencedor do concurso Jovem Músico BDMG nas edições de 2005 e 2007 e membro da Orquestra e Banda Sinfônicas da UFMG. 

Tião do Bandolim: há vários anos empunhando seu bandolim em várias rodas de choro em Belo Horizonte, “Seu” Tião é das mais tradicionais figuras do gênero na cidade. Músico de vasto repertório, defensor do choro tradicional, um excelente compositor, cujas belas obras em breve serão registradas em CD.

Rafael Zavagli: Músico integrante do grupo desde sua primeira formação, em 2003, Rafael toca o cavaquinho buscando sempre explorar as mais diversas possibilidades rítmicas e harmônicas do instrumento. Ao longo dos anos tem participado de vários festivais de choro e tocado com diversos músicos desse gênero. 

Rubens Costa: Rubens Costa atua em diversas frentes musicais em Belo Horizonte. Como percursionista pesquisa ritmos tradicionais brasileiros como o choro, o samba, o forró e outros gêneros da cultura mineira e nordestina. Além do grupo Piolho de Cobra é integrante do tradicional regional Pedacinhos do Céu, acompanhando assim importantes instrumentistas do cenário do choro brasileiro.

Mozart Secundino: com 90 anos, “Seu” Mozart é das pessoas mais queridas da música mineira, tendo já recebido diversas homenagens não por conta da sua conhecida simpatia, mas sim também em razão do seu violão de 6 cordas de regional, que exige alto grau de concentração e bom gosto. Mozart detém essa sabedoria e os demais integrantes do grupo sentem-se privilegiados por poder dela desfrutarem.

Gustavo Monteiro: caçula do grupo (há 2 anos participa da sua formação), com seu 7 cordas faz a dupla de violões com “Seu” Mozart no grupo. Atua há 10 anos no cenário de samba-choro de BH, tendo já acompanhado artistas de renome nos gêneros em questão. É também compositor com obras registradas pelo Grupo Corta Jaca, por Warley Henrique e nas coletâneas Choro Novo e do 1º Festival Curitiba no Choro.

SERVIÇO:
Data: 16 de setembro de 2013 – Segunda-feira
Horário: 20h
Local: Conservatório UFMG – Av. Afonso Pena, 1534 – Centro BH/MG
Entrada: R$15,00 (inteira) e R$7,00 (meia-entrada)
Ingressos vendidos no dia do show a partir das 19hs.
Info: 3409-8300
Os espetáculos do Pizindin Choro no Palco se realizam às segundas-feiras, sempre às 20hs, com exceção da última segunda-feira de cada mês.