1 de outubro de 2015

Sexteto Choros de Câmara se apresenta em uma série de recitais durante este mês de outubro.

Sexteto Choros de Câmara - Foto: divulgação
Neste mês de outubro, os apreciadores do Choro terão mais um motivo para visitar os museus de BH. O sexteto Choros de Câmara, com uma inusitada formação – flauta, oboé e violoncelo, violão de 7/ 6 cordas e cavaquinho – leva o recital “Choros de Câmara nos Museus” em diferentes espçaos pela capital. O projeto tem patrocínio da PBH através do Fundo de Incentivo à Cultura e com isso, garante entrada franca à população. 
O projeto “Choros de Câmara nos Museus” é idealizado por Victor de Mello Lopes e faz parte de uma pesquisa pessoal do músico acerca do Oboé na música brasileira e tem a participação do associado ao Clube do Choro de BH,  Lucas Telles (violão 6 cordas), além de Agostinho Palucci (violão 7 cordas), Eduardo Macedo (cavaquinho), Marcelo Chiaretti (flauta), Sérgio Rabello (violoncelo) e Victor de Mello Lopes (oboé).

Confira abaixo a agenda do Recital "Choros de Câmara nos Museus":

- 01 de outubro, quinta - Museu Minas e Metal - Praça da Liberdade - 19h30
- 11 de outubro, domingo - Casa do Baile - Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 - Pampulha - 16h00 
- 16 de outubro, sexta - Centro de Referência da Moda - Rua da Bahia, 1149 - Centro - 19h00

Todos os shows tem entrada franca.