26 de dezembro de 2019

Choro Nosso faz a última roda do ano com homenagem ao mestre Belini Andrade.


Hoje, o grupo Choro Nosso formado por Marcela Nunes, Sílvio Carlos, Renato Muringa e Ricardo Acácio faz sua última roda do ano, e entre Choros e sambas, irá prestar uma homenagem ao grande chorão Belini Andrade, um importante musicista e compositor da cena do Choro em Minas Gerais.

O mestre Belini Andrade faleceu em aos 97 anos, em dezembro de 2017, nos deixando a saudade e a influência da prática de uma nova escola de chorinho, modificado em sua estrutura melódica e artística. Dessa forma, ele conferiu uma dimensão mais didática e musical, com mais dificuldade de execução e deixou sua marca como mestre, grande compositor e multi-instrumentista.

Como aponta a flautista Marcela Nunes: "a trajetória do Belini se mistura com o desenvolvimento do choro na capital. À medida que ele evoluía musicalmente, o Choro ganhava espaço em Belo Horizonte".

Influenciado por Pixinguinha, Benedito Lacerda e Luiz Americano, Belini Andrade compôs – mais de 400 chorinhos, divididos em músicas escritas para flauta doce, flauta transversal, saxofone, clarineta e outros instrumentos. Três dessas composições do maestro foram tema da dissertação de mestrado da flautista Marcela Nunes, defendida na Escola de Música da UFMG, em dezembro de 2013. O estudo se chama Choros para flauta de Belini Andrade: um olhar sobre ‘Morena Marta’, ‘Estrambótico’ e ‘Uma flauta doce’.

A roda promete. Você não pode perder.

SERVIÇO
Roda Choro Nosso - Homenagem a Belini Andrade
Data: 26 de dezembro 2019 (quinta)
Horário: 19 horas
Local: Rua Juacema , 416 - Bairro da Graça - BH
Couvert: R$12,00