11 de maio de 2016

Grande espetáculo no Palácio das Artes encerra comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de BH , no próximo sábado.

Clube do Choro de Belo Horizonte - Foto Junior Conegundes
Completanto 10 anos de existência, o Clube do Choro de Belo Horizonte programou realizar, durante 30 dias, várias atividades culturais para celebrar esta data. Desde o dia 17 de abril,, vários eventos vem acontecendo em diferentes locais da Capital.  E o encerramento dessa série comemorativa acontece no próximo sábado, 14 de maio com um grande show no Teatro do Palácio das Artes e o lançamento da obra literária "Histórias do Choro - Crônicas reunidas".

LANÇAMENTO LITERÁRIO
O espetáculo musical será precedido pelo lançamento do livro "Histórias do Choro - Crônicas reunidas" de autoria do músico associado, o cardiologista e professor hemérito da UFMG, Luís Otávio Savassi Rocha. Com iníco às 19 horas, o lançamento contará com a presença do autor para uma sessão de autógrafos.
Editado como parte das comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de Belo Horizonte, o livro reúne, com alguns acréscimos e modificações, as 15 crônicas publicadas on-line, entre agosto de 2013 e dezembro de 2015, na seção Histórias do Choro deste blog/site e se destina não apenas aos “chorões”, mas também a todos aqueles que apreciam a música brasileira de qualidade e se nteressam por sua fascinante história.


GRANDE SHOW
O show especial de encerrramento das comemorações acontece às 20:00 horas, no Grande Teatro do Palácio das Artes, com participação de grupo formado por vários músicos associados e outros convidados especiais. Entre eles, o bandolinista Hamilton de Holanda, reconhecido hoje como um dos maiores, senão o maior, músico solista de Choro no Brasil e exterior. Também convidados, o jovem talento Ian Coury, de Brasília, e o nosso sócio decano, multi-instrumentista, Hélio Pereira.
A presença, no palco, destas três gerações de virtuoses, irá materializar a grande verdade que o Choro não distingue idade e a sua continuidade e amplitude estão asseguradas.  
 
Hamilton de Holanda ( foto: Marcos Portinari) , Ian Coury (foto: Valéria Carvalho) e Hélio Pereira ( foto: Nilson Cota)

GRUPO DE CHORO DO CLUBE DO CHORO DE BELO HORIZONTE
O Clube é composto por músicos, cantores e amantes do Choro. A cada evento é organizado um grupo base, para execução de solos e acompanhamento.
Neste show do Palácio das Artes ele será composto pelos músicos: Hélio Pereira (bandolim), Silvio Carlos (violão sete cordas), Carlos Walter (violão), Luiz Guilherme (cavaquinho), Oszenclever Camargo (pandeiro) e Marcos Flávio (trombone).
Os solistas convidados, todos sócios, são: Mário de Castro, Geraldo Felipe Prates, Marcelo Ribeiro, José Carlos Choairy, Lucas Telles, Ausier Vinicius e a voz do presidente do Clube, Acir Antão, na homenagem que será prestada ao nosso saudoso sócio, Mozart Secundino de Oliveira, falecido em 2015.

HAMILTON DE HOLANDA
Não é a primeira vez que, Hamilton de Holanda e o Grupo de Choro do Clube do Choro de Belo Horizonte se encontram. Esta amizade vem desde 2008, quando no projeto BH CHORO, se apresentaram na praça Santa Tereza, para um surpreendente público em eventos de choro em Belo Horizonte. A formação musical de Hamilton veio do berço. Seu primeiro instrumento foi um presente do avô. Seu primeiro professor, foi o pai. E, seu primeiro parceiro foi o irmão. Desta forma aprendeu a tocar antes mesmo de ser alfabetizado.
Transgressor do instrumento e criador da técnica pioneira do bandolim de 10 cordas, Hamilton de Holanda contagia plateias em turnês por todo o mundo, construindo uma carreira de inúmeros prêmios. Sua música é focada na beleza e na espontaneidade unindo tradição e modernidade. Hamilton carrega no DNA a fusão do incentivo familiar, do Bacharelado em Composição pela Universidade de Brasília e da pratica das rodas de choro. Essa identidade o permite transitar com tranquilidade pelas mais diferentes formações (solo, duo, quarteto, quinteto, orquestra), consolidando, assim, uma maneira de expor ideias musicais e impressões sobre a vida com “o coração na ponta dos dedos.” 
Em constante produção, Hamilton enfileira 28 lançamentos em 35 anos de profissão, 18 destes dedicados ao bandolim de 10 cordas. Ao lado de seu empresário/parceiro, Marcos Portinari, as ideias fervilham, fluem livremente, e os projetos não param. Há pouco mais de três anos, criaram o Baile do Almeidinha, gafieira contemporânea que traz no currículo cerca de 50 edições e mais de uma centena de convidados ilustres. Com 11 indicações ao Latin Grammy, a dupla foi vencedora na 16º edição do prêmio (2015) de Melhor Música Brasileira com “Bossa Negra”, parceria com Diogo Nogueira, com quem Hamilton divide o palco no projeto homônimo. Também em 2015, recebeu o Prêmio da Música Brasileira, nas categorias Melhor Solista e Melhor Disco de Instrumental com o Hamilton de Holanda Trio. 
Em 2016, Hamilton de Holanda comemora 10 anos de seu premiado Quinteto Brasilianos. O bandolinista se apresenta também com o Hamilton de Holanda Trio, formado com Thiago da Serrinha (percussão) e André Vasconcellos (Contrabaixo), com O Trio Mundo, com Guto Wirtti (Contrabaixo) e Marcelo Caldi (acordeon e piano), e em duo com o pianista italiano Stefano Bollani. Em abril, é a vez de estrear Samba de Chico, uma homenagem ao centenário do gênero com sambas de Chico Buarque. O trabalho traz a participação do compositor, da cantora catalã Silvia Perez e do italiano Bollani. E no ano que Hamilton de Holanda comemora seus 40 anos de vida, podem esperar muita música, encontros e produções!

IAN COURY
O bandolinista Ian Coury nasceu em Brasília. Aos sete anos de idade iniciou o aprendizado de cavaquinho e desde os oito dedica-se ao estudo do bandolim. O gênero musical que escolheu é o Choro e suas principais influências são os bandolinistas Jacob do Bandolim, Hamilton de Holanda e Armandinho Macedo.
Ian prova que talento não tem idade. Aos 14 anos de idade é reconhecido pela Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura com Certificado de Mérito Artístico Cultural e Destaque Musical. Em seu currículo traz participações no Curso Global Strings Intensive, realizado pela Berklee College of Music, Boston/USA, realizado em junho de 2015, além de participações em vários programas de entrevistas de TV e Rádio.
Em sua trajetória musical como solista Ian realizou dois grandes shows no Clube do Choro de Brasília-DF, nos anos de 2014 e 2015, e um show no Teatro Brasília - DF em 2015. Ele já tocou com grandes músicos reconhecidos internacionalmente como Paquito de D’Rivera, Cláudio Roditi, Hamilton de Holanda e Armandinho Macêdo, dentre outros.
Em todas as suas apresentações, o bandolinista, com sua musicalidade eclética e repertório variado, transita com desenvoltura por gêneros musicais diversos. Ele interpreta composições próprias e passeia entre os clássicos do choro como Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Waldir Azevedo, dentre outros, assim como reverencia músicos consagrados como Dominguinhos, Luís Gonzaga, Sivuca, Baden Power e Armandinho Macedo, Hamilton de Holanda, Eduardo Neves e Rogério Caetano.
A proposta do músico é tocar o instrumento de forma alegre, descontraída e despreocupada. O objetivo é dialogar com a música e “brincar tocando, tocar brincando”. Os admiradores dizem que seu talento é inegável.
  
SERVIÇO
Encerramento das Comemorações dos 10 anos do Clube do Choro de Belo Horizonte
Data: 14 de maio de 2016
Horário: 
19 horas: Lançamento "Histórias do Choro - Crônicas reunidas" de Luiz Otávio Savassi Rocha
20 horas: Show Clube do Choro de BH convida Hamilton de Holanda, Ian Coury e Hélio Pereira 
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes . Av. Afonso Pena, 1537 – Centro BH
Ingressos: R$ 20,00 (meia-entrada) / R$ 40,00 (inteira) - Venda na bilheteria e ingresso.com
Informações: (31) 3236.7400 e  palaciodasartes.com.br