20 de setembro de 2014

Sexteto Choros de Câmara se apresenta no Museu Abílio Barreto.

Sexteto Choros de Câmara - foto: divulgação

O sexteto Choros de Câmara com uma inusitada formação: flauta, oboé e violoncelo, violão de 7/ 6 cordas e cavaquinho sobe ao palco do Museu Abílio Barreto, dia 25 de Setembro, às 20h, com o show “Choros de Câmara no Museu”. A união de grupos instrumentais que pertencem a diferentes vertentes musicais – erudito e popular – é um dos atrativos do projeto que tem patrocínio da PBH através do Fundo de Incentivo à Cultura e com isso, garante entrada franca à população.
Surgido em meio à efervescente cena musical belo-horizontina, o projeto nasceu com o objetivo de conciliar tradição e modernidade, contemplando o repertório de grandes nomes do gênero, mas como uma nova leitura em sintonia com a produção local.
Lucas Telles (violão 6 cordas), Agostinho Palucci (violão 7 cordas) Eduardo Macedo (cavaquinho), Mauro Rodrigues (flauta), Sérgio Rabello (violoncelo) e Victor de Mello Lopes (oboé) apresentam obras de Ernesto Nazareth, Radamés Gnattali, Pixinguinha, Francisco Mignone, Maurício Carrilho e Heitor Villa-Lobos, com a fantástica composição “Sexteto Místico”, assim também como obras dos compositores mineiros: Rafael Martini, Agostinho Paolucci, Victor de Mello Lopes e Mauro Rodrigues.
O projeto “Choros de Câmara nos Museus” é idealizado por Victor de Mello Lopes e faz parte de uma pesquisa pessoal do músico acerca do Oboé na música brasileira, assim também como homenageia o grande Heitor Villa-Lobos.
.
SERVIÇO:
Sexteto Choros de Câmara em: Choros de Câmara no Museu
Data: 25 de setembro (quinta)
Horário: 20hs
Entrada: gratuito
Local: Museu Histórico Abílio Barreto - Avenida Prudente de Morais, 202 - Cidade Jardim - BH