17 de maio de 2013

"Mico Estrela" em "O Choro na Linha do Tempo". Segunda, no Projeto Pizindin - Choro no Palco.



Nesta segunda-feira, 20 de maio, o grupo Mico Estrela se apresenta no Projeto Pizindin-Choro no Palco, mostrando o show "O choro na linha do tempo" . Nesta apresentação estarão presentes Agostinho Paolucci no violão de sete cordas, Luiz Pinheiro na flauta e Rubens Costa no pandeiro.

Luiz Pinheiro, Rubens Costa e Agostinho Paolucci  - Foto: divulgação
"Em "O Choro na Linha do Tempo", o grupo "Mico Estrela" mostra a evolução da linguagem do choro ao longo do tempo. O princípio do choro é representado pela música de Anacleto de Medeiros e Ernesto Nazareth, na transição dos séculos XIX e XX. A seguir, vem o maxixe de Pixinguinha e Bonfiglio de Oliveira, presente nas décadas de 1930 e 1940. Pixinguinha aparece também como representante da fase seguinte do choro, junto a Jacob do Bandolim e Rossini Ferreira. Radamés Gnattalli abre o caminho para o choro moderno de Sivuca, Cristovão Bastos, Paulinho da Viola, Tom Jobim e Maurício Carrilho. 
O grupo Mico Estrela, formado há cerca de um ano, tem um vasto repertório de choros, maxixes, polcas e valsas. Nele aparecem choros célebres, mas, principalmente, choros menos conhecidos e choros modernos, uma vez que a proposta do grupo é a divulgação desse material. Além de um repertório original, o grupo tem desenvolvido uma linguagem própria na execução do choro, com particular interesse pela improvisação. O bicho que dá nome ao grupo guarda semelhanças com o choro. Ambos são encontrados em várias regiões do Brasil, no meio urbano e rural. Assim como o mico estrela ainda sobrevive mesmo com a redução das matas, o choro se mantém e evolui mesmo com pouco espaço de divulgação na mídia. 

Agostinho Paolucci - Violão de sete cordas: O violonista e compositor iniciou seus estudos em música na Fundação de Educação Artística e posteriormente ingressou no curso de composição da UFMG. Estudou violão com Guilherme Paolielo e Mauricio Carrilho (RJ), entre outros. Gravou junto ao grupo Corta Jaca dois álbuns independentes: Corta Jaca (2005) e Mina de choro (2007), e o DVD documentário "Na levada do choro, um almanaque musical" (2005). Toca violão de sete cordas no grupo de samba Copo Lagoinha desde a sua fundação em 1998, realizando centenas de apresentações musicais. 

Luiz Pinheiro - Flauta: Bacharel em flauta pela UFMG e mestre em ciência da computação pela mesma instituição, elaborou dissertação em computação musical. Foi, por oito anos, professor de flauta na Fundação de Educação Musical onde participou ativamente do movimento de música contemporânea promovido naquela instituição. Há cerca de 8 anos dedica-se ao trabalho de pesquisa, execução e improvisação no choro.

Rubens Costa – pandeiro: atua em diversas frentes musicais em Belo Horizonte. Como percursionista pesquisa ritmos tradicionais brasileiros como o choro, o samba, o forró e outros gêneros da cultura mineira e nordestina. Além do grupo piolho de cobra é integrante do tradicional regional Pedacinhos do Céu, acompanhando assim importantes instrumentistas do cenário do choro brasileiro.
Os espetáculos do Projeto Pizindin _ Choro no Palco se realizam às segundas-feiras, sempre às 20hs, com exceção da última segunda-feira de cada mês.

Fonte: Divulgação - Projeto Pizindin-Choro no Palco


Serviço
Data: 20 de maio de 2013
Horário: 20hs
Entrada: R$15,00 (inteira) R$7,00 (meia-entrada)
Ingressos vendidos no dia do show a partir das 19hs
Local: Conservatório UFMG – Av. Afonso Pena, 1534 – Centro BH/MG
Info: 3409-8300