21 de junho de 2019

Comemoramos hoje o centenário de Nelson Gonçalves, celebrando a considerada "Maior voz do Brasil".

Nelson Gonçalves - O Rei do Rádio. Foto: web

Uma das vozes mais populares do Brasil, que se calou em em 18 de abril de 1998, hoje completaria seu centenário. Nascido Antônio Gonçalves Sobral, se tornou Nelson Gonçalves e foi consagrado como o Rei do Rádio. Com inúmeros sucessos, foi o maior vendedor de discos no Brasil nos anos 1950 e, com sua voz poderosa, chegou a ditar padrões do que seria um verdadeiro intérprete, registrando um espetacular cancioneiro que permanece no inconsciente popular até hoje.

Mesmo vivendo épocas de glória em sua carreira, Nelson Gonçalves enfrentou inúmeros problemas pessoais, inclusive uma prisão por acusação de tráfico de cocaína, da qual foi dependente. Superada esta fase, ele retomou a vida artística, cantou em circos por cachês irrisórios, foi barrado em programas de TV, mas seguiu gravando discos. Ele gravou de 1941 a 1997 sem parar, sem trair seu público, mantendo seu estilo, alcançando o segundo lugar em vendas de discos da história do Brasil, com mais de 81 milhões de cópias vendidas, ficando atrás apenas de Roberto Carlos. 

Nelson entrou para a história da música popular brasileira como a "Maior Voz do Brasil" e, na data de seu centenário de nascimento, receberá inúmeras homenagens.


Entre elas, o lançamento, pelos Correios, de um selo oficial dedicado a ele em cidades que fizeram parte de sua trajetória: em São Paulo, para onde ele se mudou ainda criança; no Rio de Janeiro, onde o cantor consolidou sua carreira, e em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, onde Nelson nasceu. Traz a imagem do cantor em preto e branco, com uma aplicação dourada em que se lê “Nelson Gonçalves – Centenário” e “A Maior Voz do Brasil”.

Além disso, a Sony Music vai liberar nas plataformas de streaming, a partir desta sexta, 21, grande parte da obra de Nelson Gonçalves. No total, estarão disponíveis 35 álbuns da obra do cantor. O projeto integra o processo de digitalização do catálogo de Nelson, que inclui restauração de tapes analógicos e projetos gráficos originais dos 35 discos do cantor. A gravadora deixará disponível também playlists temáticas, com curadoria de Rodrigo Faour.


Nelson Gonçalves registrou em seu repertório, diferentes gêneros musicais incluindo sambas, tangos, boleros, Choros canção, entre outros.
Ouça a seguir, "Cem anos atrás" um Choro Serenata, composição de Benedicto Lacerda e René Bittencourt, gravado por Nelson Gonçalves em maio de 1946.




"Cem anos atrás"- Choro-serenata de Benedicto Lacerda e René Bittencourt
Intérprete: Nelson Gonçalves com Benedicto Lacerda e seu Regional
Disco RCA Victor 80-0420-A Matriz S 078451
Gravado em 23/05/1946 - Lançado em 07/1946
Remasterizado em digital