12 de junho de 2013

CHORO É ATRAÇÃO NA ABERTURA DO 23º ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO DAS UNIVERSIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA, NO CONSERVATÓRIO UFMG.

A abertura do 23º Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa aconteceu no último domingo, 9 de junho em solenidade no Conservatório UFMG, onde os congressistas foram recebidos com uma audição de Choro, executada por músicos associados ao Clube do Choro de Belo Horizonte. 
A apresentação se deu a partir de um honroso convite do Reitor da UFMG, Clélio Campolina Diniz e foi permeada por um roteiro que levou aos presentes,  além da execução sonora de clássicos do gênero, uma rápida história da mais típica música brasileira.

O roteiro da apresentação foi contextualizado do Sec. XIX até os dias atuais, destacando o abrasileiramento dos ritmos europeus, a influência de acontecimentos e  fatos sociais marcantes, a incorporação de ritmos afro-brasileiros como o batuque e o lundu, a consolidação e a inserção de instrumentos nativos como cavaquinho, flauta, violão, o pandeiro, o trombone e o clarinete. Compositores, instrumentistas e cantores como Joaquim Callado, Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Carmem Miranda, Sílvio Caldas, Radamés Gnatalli, Garoto, Dino 7 Cordas, Dilermando Reis, Mozart Bicalho, Jacob do Bandolim, Conjunto Época de Ouro, Luciana Rabello e Cesar Pinheiro  foram lembrados por sua importância e contribuição no desenvolvimento do Choro, através dos tempos.
Na audição se apresentaram os músicos associados:  Luiz Otávio Savassi (Mestre de Cerimônia e Pandeiro), Hélio Pereira (Bandolim), Ivan Cunha Melo (Canto), Lucas Telles (Violão 7 Cordas), Luiz Guilherme Barbosa (Cavaquinho), Marcela Nunes (Flauta), Marcelo Ribeiro Batista (Trombone) e Oszenclever Camargo (Pandeiro).  Para esta cerimônia, o Clube de Choro de BH convidou, em particular, seus associados egressos de Universidades de Língua Portuguesa que, através de livros, dissertações e atividades associativas, vêm colaborando no processo de institucionalização do Choro. Muitos deles são interdisciplinares e incursionam pelo universo da Música, da Engenharia, da Educação Física, do Direito, da Literatura e da Medicina. 

Na ocasião, através de sua diretoria também presente, O Clube do Choro anunciou que  planeja apresentar em breve, possivelmente já no segundo semestre deste ano, a História do Choro Brasileiro em capítulos. Esse projeto promoverá audições musicais ao vivo, com apresentações abertas ao público, incluindo pesquisa, roteiro, produção e execução a cargo de músicos, instrumentistas e cantores associados.
Aguardem.